Michelle-Obama

Mulheres inspiradoras: Twitter divulga lista das mais mencionadas em #SheInspiresMe

Michelle Obama e Malala Yousafzai são algumas das mulheres inspiradoras no topo da lista

por Soraia Alves

Campanhas criadas para denunciar e prevenir algum tipo de assédio, abuso e desequilíbrio de gênero no ambiente de trabalho vêm tendo grande destaque no Twitter há algum tempo. Assim como tags inspiradoras, que buscam promover apoio e incentivo a grupos e temas diversificados.

A hashtag #MeToo, por exemplo, já foi mencionada em 67 países e por mais de 8 milhões de tweets no mundo desde o dia 1 de outubro do ano passado. A campanha #TimesUp já contabiliza mais de 1 milhão de tweets desde janeiro, quando foi criada.

Para esse Dia Internacional da Mulher, a #SheInspiresMe (ela me inspira) foi a hashtag escolhida para ajudar a divulgar mulheres comuns e famosas que nos inspiram todos os dias.

O Twitter levantou quais foram as mulheres mais mencionadas em tweets sobre o assunto. E a campeã não foi uma persona em si, mas a representação de uma quantidade gigante de mulheres que desempenham esse papel: mãe.

A maioria da pessoas citou a mãe como a mulher mais inspiradora de suas vidas. Em segundo na lista aparece a cantora Lady Gaga (@ladygaga), seguida da ativista Malala Yousafzai (@Malala) e da ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama (@MichelleObama).

Os direitos das mulheres também têm sido cada vez mais tema de conversas no Twitter no mundo: nos últimos seis meses, as conversas relacionadas ao assunto tiveram crescimento de 50% em comparação com os seis meses anteriores – incluindo termos globais como feminismo, direitos das mulheres e equidade de gênero.

O Twitter também criou um emoji especialmente para esse dia. Ao tweetar com a hashtag #DiaDaMulher#DiaDasMulheres#ElaMeInspira e/ou #MesDasMulheres, já é possível visualizar a imagem do símbolo feminino, que estará disponível na plataforma até o dia 31 de março.

Empresa atinge metas globais de representatividade de mulheres

O Twitter superou suas metas globais de diversidade relacionadas à inclusão de mulheres em 2017. Atualmente, mais da metade dos funcionários não técnicos da empresa no mundo e mais de um terço dos líderes são mulheres.

De acordo com o Relatório de Diversidade do Twitter referente a 2017, as mulheres encerraram o ano passado representando 38,4% da força de trabalho da empresa no mundo, um aumento de 1,4% em relação a 2016 – e acima da meta de 38% para 2017.

Nos cargos de liderança (de diretores para cima), a evolução foi ainda mais significativa: a proporção de mulheres passou de 30% em 2016 para 32,5% no ano passado – diante de uma meta de 31% -, segundo dados globais.

Nas funções técnicas, as mulheres também ganharam espaço, e hoje representam 17,3% do total desses profissionais no Twitter, contra 15% em 2016 e acima da meta de 17% para o ano passado. Já nas funções não técnicas, elas já são 53,7% do total.

Olhando para a frente, a meta da empresa é encerrar 2019 com mulheres representando 43% da força de trabalho total da empresa em todo o mundo.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link