Clicky

Comcast vai tentar superar oferta da Disney pela compra da Fox
fcc-slaps-comcast-with-2-3-million-fine

Comcast vai tentar superar oferta da Disney pela compra da Fox

Dona da NBC Universal e da DreamWorks diz estar preparando uma oferta que não só supera a feita pela Disney como é toda composta de dinheiro vivo

por Pedro Strazza

Já fazem quase seis meses desde que a Disney anunciou a compra da 21th Century Fox, em um acordo que chegou à casa dos 50 bilhões de dólares. A aquisição ainda precisa de aprovação do governo estadunidense para acontecer e só deve ser oficializada de fato no início de 2019, mas até o momento todos os sinais indicam que o negócio está para acontecer.

Há quem queira melar a compra e tomar as propriedades do estúdio antes pertencente a Rupert Murdoch para si, porém. A principal interessada é a Comcast, conglomerado de mídia e dona da NBC Universal e da DreamWorks, que nesta quarta-feira confirmou os rumores de que estaria preparando uma oferta para adquirir a Fox. Segundo a própria empresa, o conglomerado está em “estágios avançados” de terminar de montar sua proposta, que não só superaria o acordo de 52,4 bilhões de dólares feito pela Disney mas também seria feito todo em dinheiro, contrariando a adversária e seu montante composto primariamente de ações e poupamento de dívidas.

A Comcast por enquanto não divulgou o tamanho do negócio que quer propor pela Fox, mas seus porta-vozes dizem que qualquer oferta pelo estúdio e suas propriedades vai ser em um valor “premium em relação ao valor da proposta feita pela Disney” e que a estrutura do contrato deve ser tão favorável aos acionistas da Fox quanto à criada pela concorrência.

É válido lembrar, os termos do acordo fechado entre Disney e Fox preveem que qualquer rompimento do contrato feito por parte da segunda – com a exceção de um eventual bloqueio da transação no meios oficiais – garante uma indenização de 1,52 bilhão de dólares à primeira. Além disso, a confirmação das intenções da Comcast em comprar a 21th Century Fox fizeram as ações do conglomerado e da Disney caírem na bolsa hoje, ao passo que as da empresa possuída por Rupert Murdoch subiram a taxas de 1,4%.

Compartilhe: