Clicky

Pouco Pixel 123 - 1983

Pouco Pixel 123 – 1983

O ano que não acabou

por Pouco Pixel

1983 ficou marcado na história como o ano que destruiu os video games. Mas o que aconteceu de verdade? Adriano Brandão e Danilo Silvestre resolveram tirar a espessa camada de lenda (e de poeira) que cobre os cartuchos de “E.T.” e reconstituíram todo o processo que levou a indústria a encolher assustadores 97% em três anos. Quais foram os fatores que desencadearam uma crise tão grave? “E.T.” foi culpado mesmo? Como o video game pôde se recuperar desse baque? O que aprendemos disso tudo?

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

00:07:58 – Tema
01:01:17 – Telecatch

Pouco Pixel: os jogos, os livros

Fique ligado! Em breve, mais informações sobre os livros do Pouco Pixel: a história dos video games em 200 jogos.

Seja um mecenas esclarecido!

Contribua com o Pouco Pixel e faça parte de um grupo privilegiado que não somente participa do nosso grupo secreto no Facebook, com muita interação e papos aleatórios exclusivos, como também recebe antecipadamente os episódios do podcast! Tudo isso por somente 10 reais por mês – mais barato que suco de shopping.

Os famosos links no post

Em 1982, estavam no mercado 8 consoles: o Fairchild F IIAtari 2600, o Odyssey 2, o Intellivision, o ColecoVision, o Atari 5200, o Tandyvision e o Arcadia 2001. No ano seguinte somou-se a eles o Coleco Gemini, clone do Atari 2600
Falamos sobre a Activision no episódio #106
E.T.“, para o Atari 2600, vendeu 1,5 milhão de cópias. Parece muito, mas a Atari havia produzido cerca de 4 milhões de unidades. Cerca de 700 mil cartuchos excedentes foram enterrados no aterro sanitário de Alamogordo, Novo México
A febre dos video games era tão insana que em 1982 a Aveias Quaker comprou um estúdio de video game recém-fundado, a US Games
Apple II foi lançado em 1977, assim como o Commodore PET; os computadores seguintes da Commodore foram o VIC-20 (lançado em 1980) e o 64 (lançado em 1982)
O preço inicial do Commodore 64, em agosto de 1982, era de 595 dólares. Em menos de um ano ele despencou para um terço disso: em junho de 1983 ele já podia ser encontrado a 199 dólares, o mesmo preço do Atari 2600
O clone brasileiro do TRS-80 Color Computer (o popular CoCo) era o CP400, produzido pela Prológica
No folclore americano do final do século 19 ficou marcada a figura do vendedor picareta de “óleo de cobra“, que viajava para exibir seu elixir milagroso de cidade em cidade. De repente você se lembra de um exemplo: no video clipe de “Say Say Say”, Michael Jackson, Paul e Linda McCartney são malandros “do bem”, que pegam dinheiro de trouxas para doar para caridade (que conceito)
O “E.T.” perdeu para “Chronotrigger” no Telecatch do episódio #119
O insignificante plot de “F-Zero” se passa no século 26 e envolve uma guilda de mercadores espaciais entediados
O último “Civilization” é o sexto, de 2016
“Moon Patrol” tem música, sim, inclusive na versão do Atari 2600; mas ela é chatíssima
trilha do primeiro “Civilization” é original, composta por Jeff Briggs, embora cite Beethoven, Bach, a “Marselhesa”, música folclórica russa etc; música de John Adams é usada no “Civilization 4“, assim como peças de Brahms, Dvorák, Saint-Saëns, Ockeghem, Mozart…
O primeiro “Civilization” foi lançado em 1991; “SimCity” lhe antecedeu em 2 anos – é de 1989
Não, o carro de “Moon Patrol” não usa gasolina e passaria incólume pela crise dos caminhoneiros

Nosso som

O tema de abertura do Pouco Pixel foi composto pelo Rodrigo Faleiros, da Wagging Tail. Conheça o trabalho dele! Já as vinhetas e a trilha sonora de fundo são do Azureflux.

Compartilhe: