Social MediaTech

Adblock Plus cria extensão que ajuda na identificação de fake news

Trusted News mostra quando um site traz informações tendenciosas, sátiras, conteúdo não confiável e mais

por Soraia Alves

A eyeo, empresa por trás do Adblock Plus, está preparando uma nova extensão que promete ajudar a identificar as temidas fake news.

Com o Trusted News, inicialmente disponível apenas para o Chrome, os usuários poderão identificar fontes de notícias falsas, ajudando outras pessoas a evitarem fraudes ou notícias fantasiosas.

O sistema, que atualmente está disponível apenas para conteúdos em inglês, “classifica democraticamente a integridade e a confiabilidade das fontes de notícias online“, como explica a eyeo.

Depois de ser adicionada ao Chrome, a extensão do navegador exibe uma pequena marca de seleção verde em seu ícone se uma fonte de notícias é considerada confiável. Caso apareça um ‘B’ em laranja (bias), a fonte pode ser tendenciosa e não totalmente confiável.

A extensão também pode implantar sinalizadores de não confiável, sátira (mostrada através de pequeno smilie azul), clickbait, conteúdo gerado por usuários ou conteúdo malicioso.

Ainda não está claro quantos sites foram classificados através do sistema neste estágio inicial.

Para definir como é o conteúdo de cada site, a eyeo diz que está se apoiando em quatro organizações terceirizadas de verificação de fatos para gerar suas classificações: PolitiFact, Snopes, Wikipedia e Zimdars ‘List.

O plano é evoluir essa abordagem usando o feedback dos usuários e a tecnologia blockchain. A eyeo tem trabalhado com a MetaCert Protocol, que executa um registro de URL antifraude, que também é destinado ao blockchain, para manter o banco de dados do projeto.