Clicky

Google Pay poderá ser usado para salvar ingressos e passagens aéreas

Google Pay poderá ser usado para salvar ingressos e passagens aéreas

Serviço finalmente iguala o concorrente Apple Pay ao unir recursos de Android Pay e Google Wallet

por Matheus Fiore

O Google está disponibilizando uma série de atualizações para sua plataforma de pagamentos, o Google Pay. Algumas delas fazem o Pay ter funcionalidades semelhantes ao serviço Apple Pay, da principal concorrente. Boa parte dessas novidades já foram anunciadas no começo do ano, mas só agora estão chegando aos celulares Android.

Essas atualizações incluem muitas funcionalidades que já são usadas há anos, mas por outros aplicativos, como o Android Pay e o Google Wallet. Uma das principais é o suporte para o armazenamento de ingressos para eventos e passagens aéreas, que agora poderão ser utilizados pelo Google Pay. Usuários também serão capazes de enviar e receber dinheiro de amigos e família pelo Pay – antes, tal recurso só era possível por meio de um aplicativo externo, o Google Pay Send.

O armazenamento móvel de passagens e ingressos é algo que o Apple Pay faz há anos, e o Google finalmente parece estar correndo atrás para igualar seu concorrente. Para usuários que vão a muitos shows ou viajam constantemente, a possibilidade de ter ingressos de concertos ou passagens aéreas em um só lugar é praticamente uma necessidade. Outro benefício é a segurança de não depender de um pedaço de papel, podendo ter tudo salvo em sua conta, ao alcance de um clique.

O recurso ainda está um pouco limitado no que diz respeito às empresas que são compatíveis – Ticketmaster e Southwest foram alguns dos nomes que entraram no projeto –, mas a tendência é que, com o tempo, mais e mais empresas sejam adeptas do Google Pay.

No começo desse ano, o Google criou o Google Play ao unir algumas plataformas paralelas, como o Android Pay e o Google Wallet. A simplificação facilita a experiência do usuário, tanto pela praticidade de ter que baixar apenas um aplicativo, quanto pela possibilidade de ter serviços variados sem a necessidade de alterar as aplicações.

Compartilhe: