Brasil e França foram os times mais comentados no Facebook e no Twitter durante a Copa do Mundo 2018

Brasil e França foram os times mais comentados no Facebook e no Twitter durante a Copa do Mundo 2018

Torneio também rendeu mais de 2,3 bilhões de interações no Facebook e 115 bilhões de visualizações de tweets

por Pedro Strazza

A Copa do Mundo da Rússia terminou no último domingo e foi sem dúvida a edição mais popular do torneio dentro das redes sociais. Plataformas como o Facebook e o Twitter se tornaram por um mês a base para bilhões de pessoas ao redor do mundo comentarem os lances decisivos e mais polêmicos dos jogos, num frenesi de publicações e comentários que sem dúvida aqueceu a já quente caldeira do mundo virtual. Para se ter uma ideia do impacto do evento organizado pela FIFA, a Copa deixou uma marca de 2,3 bilhões de interações nas redes do Facebook, enquanto no Twitter foram mais de 115 bilhões de visualizações sobre os trocentos bazilhões de tuítes escritos sobre as partidas.

De acordo com o microblog, o momento que foi mais tuitado pelos usuários foi o quarto gol da França na final da Copa, seguido de perto pelo primeiro gol do Brasil no agonizante jogo contra a Costa Rica e a vitória inacreditável da Coréia do Sul sobre a Alemanha. Já no site de Zuckerberg, os momentos mais quentes da plataforma aconteceram todos em sua partida final: se o apito final que consagrou a França bicampeã do mundo foi onde os usuários mais produziram, o terceiro gol de Pogba e o gol contra de Mandzukic foram respectivamente a segunda e terceira situações mais comentadas pelos usuários.

Por mais que a consagração da França tenha o destaque no Facebook, ela foi apenas o terceiro time mais discutido ao longo do evento, sendo superado pelas equipes argentina e brasileira que ocupam respectivamente a segunda e primeira posição deste ranking. Os franceses inclusive sequer aparecem na lista de jogadores mais comentados, que é capitaneada pelo astro argentino Lionel Messi – Neymar, Cristiano Ronaldo, Philippe Coutinho e Salah formam o resto do top 5.

Por outro lado, a França ganhou um pouquinho mais de atenção no Twitter, tendo dois de seus jogos – o épico duelo contra a Argentina (em 4°) e a grande final (1°) – no ranking de partidas mais comentadas na plataforma. Além destes dois jogos, o resto desta lista é dominada por participações brasileiras, que incluem a vitória sofrida contra a Costa Rica em 5°, o triunfo sobre o México em 3° e a triste eliminação para a Bélgica na vice-liderança.

O Brasil também é o campeão de times e jogadores mais tuitados, tendo Neymar como principal alvo de comentários pelas arrobas no microblog. No ranking de seleções, a equipe do técnico Tite ficou à frente da França (2°), Argentina (3°), Inglaterra (4°) e Portugal (5°), enquanto nosso atual camisa 10 é acompanhado de Messi, Cristiano Ronaldo, Mbappé e Coutinho.

O dado mais curioso, porém, veio na audiência das duas plataformas. Embora tenham sido os brasileiros que mais postaram em ambas as redes, os americanos de forma inacreditável se interessaram pelos jogos mesmo sem sua seleção nacional presente: os Estados Unidos foi o segundo país que mais usou o Facebook e o quarto que mais tuitou, ficando à frente de países como a França nas duas listas.

Por fim, o grande vencedor da batalha de marcas foi a Budweiser, que foi a empresa mais tuitada durante a realização da Copa – muito talvez por conta de suas votações de Man of the Match para toda partida do evento. Atrás dela ficaram respectivamente a Adidas, a Coca-Cola, a Nike e a Apple.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link