O preço da democracia

Mamilos #219

Jornalismo de peito aberto

O que dá legitimidade a quem tá exercendo o poder? A quem faz as escolhas por nós?

Existem muitas respostas, mas uma delas depende das regras do jogo. As regras do jogo precisam estar montadas de um jeito que todo mundo tenha voz. Que quem tem mais dinheiro não seja mais representado do que quem não tem. Que quem é mais famoso, tem mais microfone, não fale mais alto. Que quem mora nos grandes centros não seja o único a ser escutado.

Esse é um desafio que existe no mundo todo. Democracias maduras como Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Canadá, discutem como evitar que quem já está no poder use a máquina para se perpetuar e evitar as mudanças que o povo aspira. Como evitar que candidatos negociem o bem público por recursos de empresas para se reelegerem indefinidamente.

Recentemente mudamos a regra do jogo pra tentar diminuir o impacto do poder financeiro na definição das eleições: agora empresas não podem mais doar para campanhas.

Mas se a grana não vem da lógica do mercado, vem da lógica pública. Hoje temos o Fundo Partidário financiando campanhas e partidos. E como distribuir esse dinheiro de forma a garantir que pessoas que nos representem tenham uma chance justa de concorrer? Já conversamos aqui no Mamilos sobre isso no programa 116 Distritão e Fundo Partidário. A regra hoje é de que o fundo é distribuído de acordo com a representação que os partidos já tem na câmara. Essa regra usa as escolhas do povo como critério pra definir destinação de verba: se esse partido foi mais votado, é pq ele representa as pessoas, então merece mais do que um outro, recém aberto. A falha nesse sistema é que privilegia os mesmos políticos de sempre. Que são grandes exatamente porque se beneficiaram das regras antigas.

É justo isso? Como podemos fazer ficar justo?

Legitimidade também depende do quanto as pessoas que estão nos representando cumpriram as regras acordadas. Não tem problema nenhum pegar a bola com a mão. No basquete todo mundo faz. Mas no futebol não pode. Quem ganha o campeonato fazendo gol de mão pode até levantar a taça, mas não convence a torcida. Desculpa aí Maradona.

Essa semana voltou a ocupar as manchetes um caso de quebra de regra do segundo maior partido na Câmara dos deputados. Uma apuração da Folha de São Paulo desvendou um esquema de candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais que desviaram recursos do fundo partidário para financiar, por meio de caixa dois, as campanhas do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e do presidente Jair Bolsonaro. Ou seja: mesmo levantando a bandeira da honestidade, como todos levantam, o partido burlou a regra do jogo.

Quais regras foram quebradas? Qual é o impacto e a importância disso?

Nossa missão hoje é conversar sobre os desafios que democracias enfrentam nesse processo para fazer a vontade do povo se manifestar em representantes que tenham legitimidade e sejam reconhecidos por seus eleitores.

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

=====

FAROL ACESO

Ju: Matchfunding Enfrente e Série Crônicas de Arthdal

Cris: Especialização em Saúde Coletiva

João: Livros Como as Democracias Morrem e A Tolice da Inteligência Brasileira

Hélio: Livros Dom Quixote e Os Sertões; frequentem mais livrarias!

=====

BRADESCO

A BIA, a inteligência artificial do Bradesco, tá nas nossas vidas desde 2017. Nos canais digitais do banco, no WhatsApp, em ferramentas do Google, da Apple, tudo pra facilitar ainda mais a rotina. Mas olha que legal: agora o Bradesco lançou a interação da BIA com a Alexa da Amazon, que acabou de chegar ao Brasil!

Essas coisas parecem filme de ficção científica. É só falar “Alexa, iniciar a BIA do Bradesco!”, e pronto! Os clientes terão mais um canal para realizar consultas usando só a voz. Aí vai dar pra esclarecer dúvidas sobre produtos e serviços, consultar saldo e até pagar boletos cadastrados Débito Direto Autorizado. O futuro é lindo demais, gente!

Ó, já tá valendo pra qualquer equipamento em que a Alexa esteja disponível! E tudo com segurança, viu? As sessões serão autenticadas com uma senha de 5 dígitos que é cadastrada quando se ativa a Skil do Bradesco no aplicativo da Alexa Amazon.

Então não tem desculpa pra não aproveitar a Alexa pra facilitar ainda mais sua vida com o Bradesco! Testa lá!

=====

BAYER

Mamileiros e mamiletes, agora a gente quer bater um papo só com quem tem cachorro. Cachorreiros do mundo, uni-vos!

O papo de hoje é sobre como cuidar do seu melhor amigo. 

Quem tem cachorro se preocupa com pulga. Porque pulga é um inferno, é cachorro se coçando sem parar, eles ficam sem dormir direito… Por isso, agora tem a Seresto, uma coleira que protege o bichinho antes da primeira picada. São 8 meses de proteção, 8 meses de cachorro te acordando cedo pra passear, 8 meses da melhor recepção do mundo quando você chega em casa, 8 meses de tranquilidade. É muito mais proteção, por muito mais tempo!

Para saber mais sobre a campanha, acesse o Facebook da Bayer ou o Instagram.

=====

PONTO DE VIRADA

A gente tem um recado especial da família B9 de podcasts!

Venha escutar o Ponto de Virada, o nosso irmão mais novo, curtinho, 30 minutos, pra caber na sua rotina. 

A Bia Fiorotto, a produtora mais querida do Brasil, é quem conduz as conversas sobre carreira, misturando o olhar de especialistas com as histórias de pessoas como você, com suas dúvidas, medos e desafios. E a temporada acaba semana que vem!

E o Ponto de Virada já teve histórias nossas! A Cris contou como foi mudar de carreira e ter a coragem de começar de novo. E eu relatei como foi empreender sem grana, abrindo o coração e os bastidores da nova jornada no B9 

Puxa o banquinho e vai participar da conversa! Segunda-feira tem o último episódio da temporada no ar. E eu vi a Bia falando que foi a entrevista mais legal até agora.

Ó! Viu, gente, não dá pra perder. Pra ouvir o que já aconteceu e o que ainda vai rolar no programa, acesse B9.com.br/pontodevirada!

O Ponto de Virada é um oferecimento de Coca-Cola Café, o gás extra do seu dia.

========

FALE CONOSCO

. Email: [email protected]
. Facebook: aqui
. Twitter: aqui

========

CONTRIBUA COM O MAMILOS

Quem apoia o Mamilos ajuda a manter o podcast no ar e ainda recebe toda semana um apanhado das notícias mais quentes e interessantes do jeito que só o Mamilos sabe fazer. É só R$9,90 por mês! Corre ler, quem assina tá recomendando pra todo mundo.
https://www.catarse.me/mamilos

========

EQUIPE MAMILOS

Edição – Caio Corraini
Produção – Beatriz Fiorotto
Apoio à pauta – Jaqueline Costa & grande elenco
Publicação – B9 Company

========

CAPA

A capa dessa semana é de autoria de Johnny Brito.