Como adolescer na pandemia?

Mamilos 306

Ouvir Como adolescer na pandemia? no Spotify
Ouvir Como adolescer na pandemia? no Google Podcasts
Ouvir Como adolescer na pandemia? no Apple Podcasts
Ouvir Como adolescer na pandemia? no Pocket Casts
Capa - Como adolescer na pandemia?

Diálogos de peito aberto

Toda fase da nossa vida tem suas delícias e dores. A adolescência é o momento de se encarar, se descobrir e se experimentar. Esse processo traz uma série de angústias e exige uma liberdade e autonomia que, se já são restritas por condições políticas, econômicas, psicológicas e sociais… ficam ainda mais complexas dentro de casa, numa pandemia. Que adolescência é possível numa pandemia tão longa? Quais as experiências, aprendizados e anseios desse processo? E qual o papel dos adolescentes?  Chamamos 3 adolescentes aguerridos e que transformam sua influência nas redes sociais em potência, educação e mobilização: Fatou Ndaye, Fernanda Concon e Kaique Brito sentam com Ju Wallauer e Cris Bartis em uma mesa redonda leve, divertida e cheia de empatia, mas com muitas conversas sensíveis e de peito aberto com essas pessoas que querem ser muito mais do que “o futuro da nação”.

Abre o coração e a mente e vem com a gente!


RED BULL APRESENTA: DIA NACIONAL DO MEIO PERÍODO

Sabe quando parece que você faz um monte de coisa… e no fim do dia, não fez nada? É reunião pra cá, apresentação pra lá, banco de um lado, conversa não programada de outro… Quando a gente vai ver, já foi o dia, e o que tava na nossa listinha ficou pra trás.

E nesse contexto de pandemia, a casa virou escritório e o escritório virou casa. Aí pra tirar uma hora de almoço, tem que tirar mais meia hora para preparar os ingredientes, mais meia hora pra cozinhar e pôr a mesa, mais meia hora pra lavar a louça… Só o cuidado da casa já tá tomando metade do dia. Não dá pro trabalho ocupar só a outra metade, não?

A Red Bull garante que dá! E propõe para quem duvidar que faça o teste: dia 25 de junho, pode anotar, é o dia Nacional do Meio Período. Um dia pra gente trabalhar por menos horas, com mais foco e mais resultados. Pra você ter tempo de cuidar das suas coisas, e ainda ter tempo pra trabalhar.

É um dia pra testar esse novo jeito de trabalhar. Mas vai que você gosta da coisa!

Clique aqui e entenda mais sobre a proposta. Vai levando essa conversa pro seu chefe, pra sua equipe, pro seu RH. Red Bull te dá asas – e agora te dá tempo de voar.

E quem aderir ao movimento concorre a um ano de Red Bull, um pra cada dia útil de trabalho… para aumentar o foco e curtir a produtividade.


PLAN INTERNATIONAL

700 milhões de meninas se casaram antes dos 18 anos no mundo

O Brasil é o quinto colocado no ranking mundial de casamentos infantis

10% dos partos realizados no ano são de meninas entre 15 e 19 anos

A gravidez é a responsável pela evasão escolar de uma em cada cinco meninas

Esses são apenas algumas das dificuldades que meninas enfrentam no Brasil que inclui ainda pobreza que impede acesso a educação, violência física e psicológica, sobrecarga de tarefas em casa e exclusão no período menstrual.

A Plan international sabe que isso pode ser diferente e trabalho para que as meninas tenham um início de vida mais equitativo e justo, entrem na escola, vivam livres de violência, concluam um ensino médio de qualidade e assim possam se tornar jovens cidadãos ativas na sociedade.

A Organização não Governamental está presente em 75 países, apoiando mais de 1,4 milhão de meninas no Brasil e te convida a fazer parte desse time. Porque ainda há muito a ser feito!

Aposte nas meninas como pessoa física, apadrinhando uma menina, ou como pessoa jurídica, investindo nas meninas.  Conheça mais o trabalho da Plan International e como apoiar a organização clicando aqui.


FALE CONOSCO

. Email: [email protected]

. Facebook: aqui

. Twitter: aqui

. Instagram: aqui

. LinkedIn: aqui

. Youtube: aqui


O Mamilos é uma produção do B9
 

Apresentação: Ju Wallauer e Cris Bartis
Coordenação Geral: Carlos Merigo, Ju Wallauer e Cris Bartis
Produção: Bia Souza
Pauta e pesquisa: Hiago Vinícius e Jaqueline Costa
Edição: Mariana Leão com trilhas de Angie Lopez
Identidade Visual: Helô D’Angelo 
Coordenação digital: Agê Barros, Pedro Strazza e Lucas de Brito
Atendimento e Comercialização: Rachel Casmala, Camila Mazza e Telma Zennaro