Orgulho e Preconceito, de Jane Austen

Põe na Estante T4.E2.

Ouvir Orgulho e Preconceito, de Jane Austen no Spotify
Ouvir Orgulho e Preconceito, de Jane Austen no Google Podcasts
Ouvir Orgulho e Preconceito, de Jane Austen no Apple Podcasts
Capa - Orgulho e Preconceito, de Jane Austen

Um clássico inglês com personagens docemente revolucionários

Um homem solteiro rico sempre está à procura de uma boa esposa. É com o anúncio desta reconhecida verdade universal, como sugere a narradora, que adentramos a casa dos Bennet, uma família de um pouco de posses, mas nem tantas assim, com pai, mãe e cinco filhas. O pai, enfurnado em sua biblioteca, é um sátiro, que ironiza os nervos das mulheres da casa. A mãe é a casamenteira, não sossega enquanto todas as moças não tiverem arrumado marido. E se anima com a chegada às redondezas de um tal Sr. Bingley, jovem da capital, afortunado na renda e na beleza. Jane, a Bennet mais velha, é alçada à vitrine casamenteira. Os bailes, onde as moças são apresentadas à sociedade, expostas aos pretendentes, ganham nova energia com a chegada do moço, que vem acompanhado de um amigo fiel, Sr. Darcy. Homem calado, um pouco arrogante e avesso às cerimônias festivas demais. Mas voltemos aos Bennet, porque é lá que está Elizabeth, a segunda mais velha das cinco irmãs. Mulher astuta, boa com as palavras, apegada aos livros e desleixada com os costumes. O encontro da independência de Lizzie com a pedância de Darcy vai dar pano pra manga. Orgulho e Preconceito, clássico de Jane Austen, que já virou filme e tudo, é tema do segundo episódio desta quarta temporada do Põe na Estante. Na conversa, Gabriela Mayer, apresentadora do podcast, recebe a jornalista Giuliana Bergamo, mestre em literatura, e a arquiteta Patrícia Ditolvo, autora do perfil @criticasinstantaneas no Instagram.

Este é um podcast apresentado por B9 e produzido por Rádio Guarda-chuva.

IG: @poenaestante Twitter: @poenaestante
E-mail: [email protected]
Arte: Arthur Mayer Trilha: Getz me to Brazil, Doug Maxwell