logos-oi-novos-2016

Oi apresenta nova identidade visual e logos

Operadora cria marca que tem formas infinitas e fluidas

28.mar.2016

A operadora de telefonia Oi apresentou hoje para o público brasileiro a sua primeira grande mudança de marca desde 2002, quando foi lançada pela agora extinta Telemar. Antes com apenas algumas opções de marcas, o novo logo da Oi agora tem pelo menos 70 formas diferentes, algo que segundo a empresa deixa a marca “mais interativa, digital e dinâmica”. Acima você confere três exemplos dos novos logos da operadora.

As novas marcas foram desenvolvidas em parceria com as agências Wolff Olins e FutureBrand, e estariam em desenvolvimento desde 2012, tendo rendido a esta primeira pelo menos 350 mil libras segundo a Veja. A empresa diz que a nova identidade é “fluida, social e antenada” e embora tenha demonstrado 70 variações do logo em um press-release para jornalistas nesta tarde, ela na verdade teria “infinitas formas”. Veja abaixo as matrizes tiradas do manual da marca da Oi.

novos-logos-oi2016

O contraste com os logos anteriores, também desenhados pela Wolff Olins, é bem claro, já que eles tinham apenas seis formatos e usavam uma cor sólida. A empresa só adaptou seu logo em três outras ocasiões, segundo a logopedia: uma para representar o instituto Oi Futuro, outra com contornos para a Oi FM e Oi Rdio e outra com um roxo sólido para representar os serviços fornecidos apenas para empresas.

logos-oi-antigos

A Oi é a segunda grande operadora do país a anunciar uma mudança de marca. Em janeiro deste ano a TIM anunciou que mudaria sua marca no país com uma campanha já em 2016. Mas por hora, a operadora decidiu começar pela Itália e ainda não há uma data certa para quando a nova identidade deve aparecer por aqui.

Comente

  • Arlys Souza

    Juro que eu dei uma conferidinha no calendário para confirmar se hoje era mesmo 1º de Abril ou não…

  • Rodrigo Sales

    350mil libras 4 anos de projeto, se eu dou prazo de 3 meses meu cliente ja me chama de bon vivant.

    • Daniel Glik

      São 350 mil libras para 4 anos de projeto, a partir de agora, e deve incluir zilhões de peças de identidade e adaptações. No final das contas, não me parece tanto dinheiro assim.

    • Patrícia

      A fica a dúvida sobre a verba, mas não vou perguntar pra não gerar constrangimento.

      • Rodrigo Sales

        ui

  • Bob

    Há uns 10 anos atrás eu mexi com todos esses loguinhos da Oi. não mudou nada.

  • Tiago Pereira

    É sério este post? É sério este valor? É sério este degradê? Oremos todos!

    • Marcos Vinícius

      É sério seu comentário?

      • Tiago Pereira

        E sua pergunta, é séria?

        • julio Vieira

          É sério que vão discutir sobre isso?

          • Tiago Pereira

            O que é sério afinal?

          • Afinal Serefino

            O que é afinal? Sério?

          • Rick

            Sério? O que é afinal?

          • Binho Alvez

            Sério que a pergunta é afinal?

        • Gustavo Camilo

          Afinal? O que é sério?

  • Rodrigo Gabriel

    A empresa nessa situação e os caras brincando de WordArt

  • Precisa mesmo ter 70 variações?

    • Fernanda Lobato

      Precisar não precisa, mas…

  • Allan Samsa

    70 variações… e quantas bonitas?

  • SpiritSTR

    Só que lembrei de palhetas de guitarra?

  • ygorch

    só eu to achando que me lembra muito amoeba?

  • Jéssica

    Tá parecendo logo de qualquer coisa da internet na década de 90 ou início dos anos 2000.

    Digamos que é vintage.

    • Mentira, já se tinha logos boas na época! Tá parecendo é eu na 4ª série fazendo trabalho no Word com aquelas letras do WordArt, me achando o fodão hasuhuashuash

  • Tá difícil gostar ein.

    • Giovanni Naufal

      Rapaz, você por aqui?

      • To sempre por aí nas interwebs ;)

  • Elton

    Parece exercício de faculdade. Desenvolver 50 versões para o mesmo tema e exercitar a criatividade. Só que o aluno deixou para última hora e fez correndo em 20 minutos. Deu nisso. O mérito aí está para o poder de convencimento do atendimento da agência sobre as “características” do logo.

    • ☠ Cap’n Gab ☠

      Ditto *-*

  • Raphael Silva

    Me lembra a marca da stelo

    http://www.stelo.com.br/

    • Amaury Fernandes

      Que por sua vez lembra a marca da cielo. É um ciclo sem fim.

      • Raphael Silva

        Alelo e cielo pertencem ao mesmo grupo.

        Alelo, Cielo, Stelo, Elo

    • Essa da Stelo é bem mais trabalhada que a da Oi, menos “enjoativa”

  • Sandir Leonardo

    Caraca… não sei quem é mais maluco: quem criou essas variações ou quem aprovou todas…

  • Jeise Ramos

    Bem…

    • Fernanda Lobato

      Marketing de guerrilha: “Faça você mesmo a marca da Oi!”

    • Everton da Cruz Lima

      Os usuários reclamando e oi faz o que? Muda a logo!
      Porque é isso que precisamos.

    • Catena’s Beauty Atelier

      Adorei. Agora mistura tudo. Vai ficar “TOP”.

      • julio Vieira

        De fato, quando aplicada fica visualmente legal.

        • Catena’s Beauty Atelier

          Não, cara. Eu fui sarcástico.

          • julio Vieira

            Eu tbm kkkkkkkkkk

          • Catena’s Beauty Atelier

            Assim sim.

  • André Moro Garbeline

    Porque ele não melhoram os serviços e sinal ao invés de gastar tanto dinheiro reformulando a marca?

  • Marlon J Anjos

    Primeiro de abril chegou cedo esse ano

  • Lucas Mota

    meu olho fica evitando e tentando achar uma que o agrade, mas passo ligeiramente, o mouse para saber se tem algo que ele fique confortável, e só chego a esse instante, quando nos logos antigos ou no texto mesmo! Literalmente fora de área!

  • Ivan Caratanasov

    É isso que acontece quando colocam uma pessoa de marketing com demência para falar com criativos.

    Pra mim isso é um monte de cuspida do Dollynho

  • Thiago B

    Já dá pra jogar batalha naval com essa tabela e afundar todos os logos.

  • Rodrigo Façanha

    Todo esse tempo e trabalho pra algo que qualquer “micreiro” faz por 200 pilas em no máximo 2 horas. É por isso que Design é uma área bem legal, né?

  • Samuel Natan

    Não foi pra isso esse conceito?

  • Rodrigo Pinheiro Rocha

    A oi acaba de assumir seu status de Ameba.

  • Vim só pra ver os comentários dos pseudo-designers que vão falar do “gradiente” e que o “sobrinho do vizinho” faz melhor. Não desmereçam um trabalho de profissionais… mesmo que você não goste, critique de forma construtiva.

    Eu achei o trabalho razoável, é o que dá pra dizer sem ter acesso ao MIV ou pelo menos a uma apresentação que mostre as referências e conceitos levados em conta.

    Ps.: Não existe lei que proíba uma marca multicolorida, e isso está aquém do pensamento de muitos de que “não se usa gradiente em logotipo”. Quando aprendemos sobre design e criatividade, aprendemos que depois de conhecer muito bem uma regra, você conseguirá quebrá-la com segurança.

  • Vinicius Lara

    Olha e eu quero ver esses logos ficarem com as mesmas tonalidades de degrade em uma impressão por exemplo, sempre escutei, menos é mais as vezes… e quando o logotipo tem sua cor sólida, será sempre um problema a menos, agora neste caso, essa agência ta ferrada com a identidade cromática…quero só ver

    • Raphael Silva

      Essa Agência, nada mais nada menos que Wolff Olins e Futurebrand uahsuahsuhas

  • Marcos Vinicius

    70 formas diferentes de passar vergonha.

  • Mariana Neri

    WHYYY???

  • Ronaldo Brilhoso

    Os caras estavam bêbados num bar, aí cai uma gotinha… Opa, mas um logo!

  • Adilson Porto Junior

    Agências: aqui tem uma ótima lista de “designers” que vc não deve contratar.

  • tonykaique

    Lembra um pouco o conceito que a Aol tentou emplacar.

  • Fernando Machado

    Imagina o manual de identidade visual disso aí. “Enfia o Oi em qualquer lugar que tá valendo”.

  • analage

    Sempre que olhamos um redesign sem olhar também que identidade visual pretendem adotar no todo temos a impressão de que algo está errado. O ideal é mostrar o logo num contexto e com aplicações práticas. Logo novo solta sempre parece meio perdido.

  • Hélder Nóbrega Prando

    Que merda hein….

  • Fernanda Lobato

    “A gente não conseguiu decidir, aí pos tudo na apresentação e o diretor pedir uma versãozinha em degradê”

  • Marcos Gusmão

    Genial.
    Alinharam o péssimo serviço prestado com uma identidade visual igualmente bosta. E ainda fizeram a Oi pagar 350 mil libras por isso.

    Simplesmente genial.

  • Daniel Mota

    Manual
    https://mobile-build.s3.amazonaws.com/ios_releases/OIOI.0004..008.DE.160111.OI.Manual.Marca.pdf

    • Ricardo Monteiro

      Logomarca…

    • ☠ Cap’n Gab ☠

      Opa, obrigado :D

    • Dandalo Gabrielli

      É bem completo e bem interessante o manual. Vale muito ver

  • Marcos Vinícius

    Só vejo “designers” comentando…acho engraçadíssimo.

    • Uma logo é feita para identificar e atrair o consumidor. E o que se tem aqui é centenas de consumidores sentindo nojo da novo logo. Só isso :D hehehe

      • Bruno Alencar

        “UM” logo -__-. Realmente tem muitos “designers” por aqui…

        • Que hora eu falei que sou designer? Falta amor no coração de vcs, galera

  • Gabriela Machado

    Se o conceito é ter a marca amorfa, pra que criar e limitar em 70 diferentes formas de brasão? Achei contraditório. Bastava gerar o visual do brasão aleatoriamente e pronto. Até porque é isso que eu vi nessas 70 variações. Não acho correto anunciarem isso como “uma incrível nova identidade visual”, porque… Não acrescentou absolutamente nada à imagem da Oi, e a própria empresa não mudou/melhorou em termos de qualidade de prestação de serviços. Inclusive, a marca estava boa do jeito que estava. Parece que aqui no Brasil os redesigns pioram as coisas… Eu hein. Como já comentaram, tá amoeba demais isso aí.

  • Diego Martins

    Oi usa vetor pronto do Freepik e diz que gastou 350 mil.

  • Zé Receio

    Ééé….estão correndo contra a maré do minimalismo. Temos que ver como vão ser as aplicações nas campanhas futuras.

  • Ricardo Monteiro

    Parei aqui:

    • Daniel

      Os principais escritórios de branding do país utilizam o termo Logomarca, porque acreditam que ‘marca’ é muito mais do que apenas um logo, pois envolve identidade visual, tom de voz, etc. E somente ‘logo’ não diz nada também. Se formos pegar pela história do significado, sim, está errado, mas acho que o design e o branding evoluiu muito nas últimas décadas e as vezes algumas palavras já não representam mais o mesmo significado.

    • Alexandre Romão

      Vamos usar “Logomarketing” também, depois é só falar bonito e justificar. Tá tudo liberado!!!

      • Alexandre Romão

        “Loguinho” também vale.

      • Daniel

        Se você tiver uma teoria que esse nome possa representar, por que não? Hoje é muito utilizado o famoso ‘Design Thinking’, o que traduzido seria algo como ‘Pensamento de Design’. Mas só o nome Design já não poderia significar uma forma de pensamento e processo? Seria então uma redundância? Assim como ‘logomarca’ também é visto como redundância, porém há quem pense que hoje em dia ‘logo’ e ‘marca’ significam coisas diferentes de suas origens ‘desenho’.

      • Daniel

        Pra entender melhor a diferença de significado nos dias de hoje de ‘logo’ e ‘marca’, basta ver o custo de uma grande marca hoje em dia. Quando você lê notícias como ‘Apple ultrapassa Coca-Cola e hoje é a marca mais valiosa do mundo’. Essa notícia fala de ‘logo’? Ou de tudo que a ‘marca’ significa e possui? São significados diferentes, hoje se falarmos logomarca estamos dizendo que é o ‘desenho’ mais simples para a representação de uma marca.

  • Ricardo Santos

    Adequando a marca à qualidade do serviço.

  • Drizzt Do’Urden

    Que bosta pqp hsuahashuashuhusahusahusahu

  • Eles já estavam usando essas cores e a comunicação da empresa já era bem bonita. Acho que não precisava mudar, mas o conceito é bem original e tô ansioso pra ver essa marca animada na TV.

  • SIDNEY MIRANDA

    Realmente frustrante uma empresa com mais de 50 bilhoes em divida, se preocupar em mudar a logo ao inves de economizar recursos e melhorar a qualidade dos serviços

  • Wylk Castanhari

    Eles vao colocar essas novas logos nos modem ?

  • ☠ Cap’n Gab ☠

    Gostei das cores, mas foi só o_o

  • David William Alves

    Tudo bem, entendi esse conceito de interatividade e de se encaixar para qualquer tipo de personalidade. Mas não sou muito fã de variações quando se trata de logomarca. Não curti.
    http://www.facebook.com/900dw/

  • julio Vieira

    Vi mais criatividade nos comentários do que na criação da nova ID

    Inconformado com isso, deixo aqui minha humilde sugestão

  • Adson Monteiro

    não entendo de nada, nem sei como cheguei aqui, mas… 70?

  • Pablo Henrique

    Design Conceitual. Exploração de formas assimétricas, forma bastante fácil de reproduzir, já que é abstrato. Olhando o Conceito de… …bem, um “OI”, é bastante interessante esse redesign, afinal, qual é a forma de uma fala tão comum? O conceito principal aí é a DIVERSIDADE, UNIVERSALIDADE, conceitos importantes pra esse contexto atual de inclusão e diversidade de pensamento. (até porque tá difícil agradar alguns sem ofender outros hoje em dia, não é mesmo?)

    A marca tem força em somente duas letras, seja em qual forma for. Tenho CERTEZA de que qualquer um que viu isso sabe que o que está sendo mostrado é uma logo da empresa telefônica OI.

    Na paleta de cores, uma composição tríade super extensa que passa por toda a roda cromática, dando maleabilidade e fácil adaptabilidade em diversos tipos de situações, emoções e contextos, tornando a marca universal.

    Ponto pra Oi, na minha percepção.

  • Daniel

    Achei genial!
    Se entendi bem, as 70 variações são apenas algumas formas selecionadas dentro do ‘infinito’ para poderem ser aplicadas em peças de comunicação. Lendo o manual, vi que essa forma se transforma pela voz das pessoas e a marca deve se adaptar a cada voz de cada cliente.
    Se for isso, é algo inovador para o mundo das marcas! Temos que esperar pra ver se vai dar certo.

  • Conversa dos designers:
    “O mais legal da marca é um balão de conversa com a palavra OI. Mas fodas, vamos matar isso”
    “Degradê é muito fashion, fazia mó sucesso no Word em 1995”
    “Que tal um formato de ameba?? Balão de conversa falando OI pra quê??”

  • Estevão Patriota

    É muito ‘designer’ pra pouco job.

  • Patrícia

    Crítica emocional, baseada na minha reação quando eu vi isso: O SOBRINHO DO CORÉU VENCEU

    Crítica técnica que sou obrigada a dar pois sou designer: a marca mesmo pra mim é a tipografia do “Oi” porque tá claro que o fantasminha pode ser qualquer coisa; tentativa frustrada de emplacar o conceito “modernoso” de marca amorfa, sem criar visualmente nada que justifique essa variação de forma, ou que a transforme em discurso visual que faça sentido. Vide exemplo do MIT Media Lab, onde em todas as situações os pontos representam projeção de luz sobre tela: http://www.thegreeneyl.com/sites/default/files/styles/pagelayout/public/MIT_logocolorvariations_5433x3006.jpg?00960660-10601173660

    • Dandalo Gabrielli

      Mas isso apenas me levanta uma pergunta básica, para que tantas variações? Só no MIT são 66!!!! Vai virar um doodle do google que representa algo a cada dia? Vai ser um pattern para ser parte da identidade?
      Na prática isso vai servir para….

      • Patrícia

        No caso do MIT essas variações são só exemplos. Eles criaram um software que, dadas certas variáveis, gerava um logotipo desse pra cada cartão de visita de cada funcionário, esses são só exemplo. O conceito é que cada funcionário tivesse algo como sua própria identidade do MIT, seu logotipo MIT pessoal, que seria sempre o que foi gerado pra si.

        É bem prafrentex,então acho que fica a critério do observador gostar ou não, ou avaliar como prático ou impraticável. Mas o que eu gosto nesse caso é como o polimorfismo foi bem direcionado e tinha um conceito bem pensado e fácil de entender. Quer dizer, se você vai a uma reunião com esse pessoal e recebe 3 cartões de visita de pessoas diferentes, rapidamente você entende que tem uma jogada com as variações de logotipos. É simples, é inteligente e é bem executado.

        No caso da Oi acho que vai ser divertido se tiver um software que faça a bolha se mexer quando você fala, mas e aí? A bolha é algo além de uma bolha? Qual é o vínculo desse símbolo com a atividade da empresa ou sua mensagem para os clientes? É muito “sutil”.

        Pra mim é isso que faz ver o projeto do MIT como bem executado e o projeto da OI como “modismo”.

        • Daniel

          Não sei se concordo. Essa bolha da Oi passa a ser a voz de cada pessoa falando Oi. Antes era um balãozinho de quadrinhos, hoje é a onda sonora de cada indivíduo, ou seja, tem sim um significado. Ainda digo vai além do projeto da MIT, pois o da OI acaba sendo mais personalizado ainda por ser orgânica baseada em ondas sonoras em uma forma circular, como podemos ver nos últimos vídeos que lançaram com a marca reagindo aos sons. Mas lógico, precisamos ver como isso vai se comportar em todos os pontos de contato, mas imagino que devam ter desenvolvido um software para isso.

      • Rodrigo Sbardelini

        Para mesma coisa que bascara :)

  • Yuri Marley

    Sinceramente, criar 72 marcas é o mesmo que não criar nenhuma, o intuito do desenvolvimento da marca é criar uma “identidade” visual que seja única e inconfundível, tentaram quebrar este paradigma a que preço? ao meu ver esta marca não difere em nada da marca original, pois não mudaram a fonte do nome “Oi” só tentaram criaram 72 formas de dizer a mesma coisa, olhei cada uma e pra ser sincero ainda prefiro a primeira versão original, em um mundo em que cada dia valorizamos mais o simples, perderam uma grande oportunidade de inovar, imagino eu que a agência criou várias marcas e o cliente não gostou de nenhuma, e ninguém entrou em um conceito, ai alguém da agência já sem esperança de faturar a grana soltou a frase “Que tal usarmos todas”, e ai neste momento o cliente apontou para este cara e falou “Genial” e as marcas foram lançadas kkkk.

  • Yuri Marley
  • Agora sim as teles irão sair do ReclameAqui.

  • Luciano Salomoni

    Gostaria da opinião de vcs:
    1- Se eles apresentassem a nova marca como sendo apenas o logotipo “Oi” e as formas coloridas como um grafismo pertencente a identidade da marca: não seria mais “prático” ou “coerente”? (percebam as aspas, por favor)

  • Giovani Coelho De Souza

    Design não muito bonito, podia ser melhor.

  • Leonardo Ferreira

    Esse vídeo explica muita coisa: https://youtu.be/2gwNcIJlvoA

  • fscoparo

    Qualquer coisa vale se der certo.

  • Varlei

    “Melhora o serviço e as tarifas… Simples assim… ”
    Garanto que o retorno seria muuuito maior.

  • Diego Ramos

    Quem diria, que de tanto zuar o Taglia, sua arte viraria tendência (vide Oi e Instagram). É pessoal, o mundo dá voltas e quem está rindo é ele… Eu também estou rindo, mas não pelo mesmo motivo que ele.

  • GTR TELEFONIA

    parece um monte de amoeba kkkkkkkk