Comercial de Natal da Sainsbury’s gera polêmica em cima de criança vestida de plugue de tomada

Órgão regulatório britânico recebeu mais de 30 reclamações sobre o anúncio, que mostra criança se jogando contra parede para ligar a árvore de Natal

por Pedro Strazza

A época natalina segue disputada a tapa pelas mais diferentes redes de lojas de departamento e supermercados, que buscam ganhar a atenção do consumidor para que comprem em suas unidades (e, por consequência, impulsionem suas vendas neste fim de ano) à partir de uma verdadeira disputa de quem faz o melhor comercial da temporada. Só no Reino Unido, por exemplo, a John Lewis e a Debenhams se destacaram por apostarem respectivamente no carisma de Elton John e no humor da reação de acertar o presente de Natal – mas há quem consiga despertar o resultado oposto.

É o caso da Sainsbury’s, que este ano está enfrentando uma leve onda de críticas feitas em cima de seu anúncio natalino da vez, o “The Big Night”. Criado pela Wieden+Kennedy de Londres e dirigido por Michael Gracey (o mesmo responsável pelo musical “O Rei do Show”), o vídeo de dois minutos da rede de supermercados lançado no início de novembro a princípio despertou simpatia pela proposta bonitinha de criar um grande comercial à partir das tradicionais apresentações de escola de fim de ano, mostrando um grupo de crianças cantando uma versão de “You Get What You Give” do New Radicals e registrando a reação emocionada de seus pais à performance – confira abaixo.

Por mais bonita que a peça seja, o grande destaque do anúncio acabou ficando para a participação de uma criança vestida de plugue de tomada, que aparece rapidamente pulando contra uma parede para “ligar” a grande árvore de Natal armada no palco. O pequeno a princípio virou uma sensação na Inglaterra, bombando nas redes sociais ao ponto da Sainsbury’s resolver capitalizar em cima e batizar a criança de “Socketboy” para fazer piada diretamente contra a concorrente John Lewis e seu milionário e tão veiculado vídeo “Rocketman”.

Mas enquanto muita gente viu a aparição do “garoto da tomada” como um meme inocente, outros já encararam o personagem com maior gravidade. Tanto que a Autoridade de Padrões de Publicidade do Reino Unido (ASA) recebeu no último mês cerca de 35 reclamações em cima de “The Big Night” por causa da criança, pedindo para que o anúncio seja “desligado” por medo do comportamento do menino vire fonte de inspiração para os pequenos se jogarem na parede ou – pior – brincarem com tomadas.

De acordo com o The Drum, as reclamações enviadas à ASA seguem o padrão das que levaram às proibições emitidas pela entidade a um comercial da Aldi de janeiro, onde foi interpretado que a famosa cenoura da empresa poderia estar incentivando as crianças ao álcool, e outro da Poundland de fevereiro, que ao seu ver abordava temáticas sexuais em uma peça voltada para crianças. Resta saber agora se o anúncio da Sainsbury’s vai seguir o caminho dos outros e subir no telhado.

Compartilhe: