Clicky

Após problemas com App Store, Tumblr vai proibir conteúdo adulto

Após problemas com App Store, Tumblr vai proibir conteúdo adulto

Todo material considerado pornográfico e presente hoje na plataforma será removido até o início de 2019

por Matheus Fiore

Recentemente, a App Store removeuTumblr de sua loja por detectar pornografia infantil no aplicativo. Agora, para evitar problemas futuros, a rede social informou que proibirá qualquer conteúdo pornográfico em sua plataforma – isso inclui órgãos genitais, mamilos femininos e sexo explícito.

Apesar das boas intenções, é provável que isso acarrete em uma enorme perda de relevância para a plataforma. O motivo é simples: boa parte da comunidade que utiliza o Tumblr o faz para compartilhar imagens de gifs de conteúdo adulto. E a notícia já vem gerando lamentações por parte dos usuários.

O CEO do Tumblr, Jeff D’Onofrio, explicou que, futuramente, a rede social utilizará programas treinados por humanos para identificar e sinalizar conteúdo explícito e remover completamente do site e de seu aplicativo. Um dos desafios deste filtro é diferenciar o que é pornografia e o que é, por exemplo, uma escultura que contém nudez. Um algoritmo que trabalhe em larga escala dificilmente conseguiria diferenciar as duas imagens, o que faria com que o Tumblr tivesse um filtro pouco confiável.

A medida começa a funcionar à partir do dia 17 de dezembro e a equipe do Tumblr informou que entrará em contato com os membros da comunidades cujas páginas tenham conteúdo explícito. A esses membros, serão dadas instruções para preservar o conteúdo fora da plataforma.

A novidade parece ser inevitável, visto que cada vez mais, conteúdos que mostrem de forma explícita os órgãos genitais ou mamilos femininos – além de, obviamente, imagens de sexo explícito – são caçados por algoritmos. No Instagram e no Facebook, esse tipo de conteúdo já é censurado há muito tempo. Uma das poucas redes que ainda é leniente com a exposição é o Twitter, mas pela diferença do formato, é difícil imaginar que o público do Tumblr migre para lá.

Compartilhe: