Governo da França promove campanha contra homofobia e transfobia em escolas e universidades do país

Com aumento de insultos e agressões em 2018, medida do Ministério da Educação é combater o preconceito entre os alunos

por Soraia Alves

O Governo da França, através do Ministério da Educação, lançou uma campanha contra homofobia e transfobia nas escolas de ensino médio e universidades do país.

Com o slogan “Todos Iguais, Todos Aliados”, a campanha tem como ações a distribuição de folhetos com a palavra “Basta!” e exemplos de discriminação que devem ser abolidos. Também serão entregues guias contento informações como telefone, e-mail ou chat para as denúncias, além de um manual para as equipes pedagógicas.

De acordo com o Ministério da Educação, a medida vem depois de um ano no qual 18% dos alunos homossexuais ou transgêneros do país foram alvo de insultos e agressões, segundo pesquisa do Instituto IFOP. O órgão federal ainda cita outra pesquisa, que aponta como essas experiências afetam os alunos, com cerca de 72% deles afirmando “ter medo” e “lembranças ruins ou muito ruins” da vida escolar.

A ONG SOS Homofobia ressalta que os insultos homofóbicos em escolas francesas vêm aumentando desde 2017 com os números chegando a 38%. Como consequência de tanto desrespeito, o número de tentativas de suicídio de jovens LGBT+ já é quatro vezes maior que em outras pessoas.

Compartilhe: