Ensaio coloca rostos embalados como carne para questionar obsessão pelas selfies

Ensaio reproduzido na revista britânica Schön! questiona se os padrões de beleza saíram das capas de revistas e agora estão em todas as fotos do Instagram

por Soraia Alves

A dupla de fotógrafos SHSadler apostou em um ensaio bem diferente (e forte) para abordar os padrões de beleza, principalmente na era da selfie. Na fotos vemos modelos cujos rostos estão embalados, como carne fresca à venda.

Segundo a dupla de Los Angeles, formada por Julia SH e Nic Sadler, a ideia veio ao observar a obsessão das pessoas pelas selfies: “As imagens que tiramos de nós mesmos passaram de menos de 20 por ano para, às vezes, milhares por mês em alguns casos”. Dessa constatação surgiu o “desejo de subverter padrões atuais de beleza na fotografia e confrontar a desumanização que criou”, contam.

A série intitulada “Fresh Meat” virou editorial na revista britânica Schön!, que destacou como o ensaio aborda três pontos do nosso consumo de mídia fotográfica, segundo os próprios fotógrafos:

  • “Como a proliferação das mídias sociais alterou a maneira como interagimos com a cultura e entre nós”;
  • “Como esse comportamento se assemelha ao como os padrões de beleza eram aplicados às modelos de revistas, mas agora se estendem às imagens apresentadas pelo público”;
  • E “como mudou o conceito de fotografia de beleza, uma área da indústria“, já que agora todos têm dicas e truques sobre ângulos e filtros.

Resumindo tudo isso, o ensaio é propositadamente incômodos, ainda que fascinante, e tem mesmo a intensão de “provocar debate e abraçar polêmica”, segundo os fotógrafos.

Compartilhe: