“Toy Story 4” será o 1° longa da Pixar que não será acompanhado de curta

Continuação quebra extensa tradição do estúdio em promover novos nomes antes de suas grandes produções

por Pedro Strazza

É uma tradição: se é filme da Pixar, vai ter um curta sendo exibido antes da sessão. Desde 1997, o mais famoso estúdio de animação nos Estados Unidos mantém o hábito de veicular junto de suas grandes produções um pequeno “petisco”, amaciando o público para a verdadeira cachoeira de lágrimas que promove e honrando as origens da empresa com o formato – afinal, os primeiros projetos da companhia fundada por John Lasseter eram todos curtas.

Este rito deve deixar de acontecer, porém, a partir desta quinta-feira, quando “Toy Story 4” chega aos cinemas brasileiros e de todo o mundo. Isso porque o longa comandado por Josh Cooley será oficialmente o primeiro longa-metragem do estúdio a não contar com um curta-metragem produzido pela empresa em suas exibições desde a inclusão de “Geri’s Game” em “Vida de Inseto” e de “Tin Toy” na edição home video de “Toy Story”.

A informação vem das primeiras sessões oficiais do filme para o público, que seguiram o exemplo das para a imprensa e só contaram com a exibição da quarta aventura de Woody, Buzz e seus amigos.

Embora seja uma surpresa, não dá pra dizer que foi inesperado. O estúdio em fevereiro lançou no YouTube o selo Pixar Sparkshorts, que cumpre a mesma função de abrir espaço para novos nomes brilharem que a exibição destes filmes antes dos longas. Além disso, a própria curadoria destes projetos para os cinemas estava se mostrando mais liberal, com o estúdio chegando a exibir uma produção da Disney antes de “Viva – A Vida É Uma Festa”, o derivado de “Frozen” estrelado por Olaf.

Vale acrescentar, o próprio “Viva” foi uma quebra de tradição drástica no modelo de distribuição da Pixar, não apenas pelo inclusão de “A Aventura Congelante de Olaf” como sua exclusão no lançamento posterior do filme no exterior: depois de ter sido extremamente mal recebido pelo público, o curta do simpático boneco de neve foi descolado da animação dirigida por Lee Unkrich e lançada na Netflix.

Compartilhe: