Não deu: francês cai com prancha voadora tentando atravessar o Canal da Mancha

Objetivo era realizar a travessia do 34 km do canal, indo da França à Inglaterra, mas Franky Zapata caiu poucos minutos depois de decolar

por Soraia Alves

Franky Zapata, o inventor francês que ficou conhecido nas últimas semanas por sobrevoar a Champs-Élysées em Paris, não teve sucesso na empreitada de atravessar o Canal da Mancha.

O inventor, que também é ex-campeão mundial de esqui aquático, realizou a tentativa nesta quinta-feira, 25/07, com o objetivo de ir da praia de Sangatte, no extremo norte da França, até a praia de Dover, no Reino Unido.

A expectativa era que a travessia do trecho de 34 km levasse apenas 20 minutos. Ainda assim, a travessia contava com algumas paradas em plataformas especialmente espalhadas pelo canal para recarregar a prancha com querosene.

Mas, na prática, Zapata perdeu a primeira plataforma em que deveria pousar poucos minutos depois de decolar, e caiu no mar.

A equipe de Zapata atribuiu a queda às ondas fortes, segundo o Guardian, e garantem que o problema foi o esquema de reabastecimento exigido pelas autoridades francesas.

O Flyboard ficou conhecido no último dia 14 de julho, durante a tradicional Parada do Dia da Bastilha. Zapata sobrevoou a Champs-Élysées com a prancha voadora e um fuzil na mão, diante do olhar dos espectadores, incluindo o presidente Emmanuel Macron.

Compartilhe: