Amazon quer reduzir sua quantidade de embalagens

Apesar do viés ambiental, mudança gera economia e novos lucros para a empresa de Jeff Bezos

por Soraia Alves

A Amazon instituiu novos padrões para seus vendedores em relação às embalagens utilizadas na entrega dos produtos, a fim de torná-las mais compactas e eficientes.

Segundo o Wall Street Journal, a Amazon começou a avisar seus parceiros sobre as mudanças no ano passado, mas agora o período de avisos acabou, e os vendedores que não seguirem as novas diretrizes a partir deste dia 1º de agosto, poderão ser multados.

O esforço visa reduzir a quantidade de embalagens em prol do meio ambiente e de uma diminuição nos custos. Do ponto de vista ambiental, embora a maioria dos materiais sejam recicláveis, muitas cidades dos Estados Unidos enfrentam uma crise de reciclagem. Criar menos desperdício é uma das únicas soluções óbvias para esse problema.

Para a empresa de Jeff Bezos, embalagens mais eficientes vindas do vendedor final significam custos de remessa mais baratos dos depósitos para as casas das pessoas.

Ainda de acordo com o Journal, a reconfiguração dessas embalagens tem sido cara para os vendedores, o que significa que isso também aumenta a lucratividade para a Amazon às custas das empresas que dependem dela.

Compartilhe: