Os cartazes de Greta Thunberg viraram fonte

Peças usadas pela ativista sueca de 16 anos para protestar na frente do parlamento sueco serviram de base para design das letras

por Matheus Fiore

A jovem ativista sueca Greta Thunberg ganhou o mundo na última semana, quando foi a ONU discursar sobre sua preocupação com mudanças climáticas. Antes de se tornar uma personagem mundial de relevância, porém, Greta era apenas uma criança que protestava às sextas-feiras, quando faltava às aulas na escola com autorização dos pais.

Para homenagear a menina de apenas 16 anos e apoiar sua causa, a startup de design Uno construiu um alfabeto inteiro a partir do estilo de escrita manual de Greta. Greta Grotesk é uma fonte gratuita e baixável criada totalmente a partir da letra da ativista e inspirada principalmente pelos cartazes feitos pela jovem enquanto protestava nas portas do parlamento sueco.

Para criar a fonte, a Uno analisou alguns cartazes de Greta e converteu as letras de suas palavras em imagens em vetor. Houve apenas algumas alterações, como a adaptação para que todas as letras possuíssem tamanho uniforme e algumas correções de forma decorrentes da vetorização das imagens.

Algumas escolhas foram feitas no caminho. Há, por exemplo, inúmeros cartazes nos quais Greta escreve palavras que repetem letras. Para decidir qual das versões dessa letra usar, a Uno selecionou as que fossem mais visualmente nítidas e compreensíveis. A fonte pode ser baixada em uma pasta armazenada no Google Drive.

Compartilhe: