Prosseguimento da pandemia leva Sony a adiar lançamento de “The Last of Us Part II”

Marcado anteriormente para maio, jogo da Naughty Dog agora não possui previsão para chegar às lojas devido a questões de logística

por Matheus Fiore

A pandemia do novo coronavírus tem afetado inúmeras indústrias ao redor do mundo. O cinema é um exemplo: enquanto na China, o prejuízo já ultrapassou 200 milhões de dólares, já que toda a produção, distribuição e exibição de filmes foi cancelada, o mercado hollywoodiano vê seus principais lançamentos do verão serem adiados para o fim do ano ou para 2021.

Na indústria dos games, a crise começa a mostrar seu impacto aos poucos, e com uma porrada das grandes. Um dos mais aguardados lançamentos de 2020, “The Last Of Us Part II”, foi oficialmente adiado pela Sony, sem data nova definida pela companhia. A informação foi veiculadas redes sociais da Playstation, onde a empresa confirma também que “Marvel’s Iron Man VR” teve o lançamento suspenso.

O jogo é o primeiro grande lançamento do ano afetado pela pandemia.

Na postagem, a Sony escreve que “tomou a difícil decisão de adiar o lançamento de ‘The Last of Us Part II’ e ‘Marvel’s Iron Man VR’ até novo aviso.” e justifica afirmando que “Logisticamente, a crise global está nos impedindo de prover a melhor experiência de lançamento que nossos clientes merecem”.

Estúdio responsável pelo projeto, a Naughty Dog também comunicou o adiamento e, além de corroborar a questão de logística como principal impedimento, escreve que “quer garantir que todos consigam jogar ‘The Last of Us Part II’ ao mesmo tempo, garantindo assim que nós estamos fazendo o possível para preservar a melhor experiência a todos.”.

Sem informar uma nova data para o lançamento, a PlayStation é obrigada a mais uma vez adiar o jogo, que inicialmente chegaria às lojas físicas e virtuais em fevereiro deste ano. Posteriormente, a Naughty Dog, responsável pela criação do game, adiou para maio, a fim de, nas palavras da empresa, prover uma experiência ainda melhor para os jogadores. Agora, com a pandemia, o jogo não deve ser disponibilizado antes de outubro, correndo o risco até mesmo de ser lançado no Natal.

Compartilhe: