Facebook anuncia compra do GIPHY por US$ 400 milhões

Plataforma deve ser integrada ao Instagram com foco nos Stories e no Direct, embora os serviços a terceiros a princípio se mantenham intactos

por Pedro Strazza

O Facebook anunciou nesta sexta (15) a compra do GIPHY, uma das principais plataformas de GIFs usadas por redes sociais hoje. A confirmação do negócio foi divulgada por ambas as companhias nas redes sociais e, embora valores oficiais não tenham sido divulgados, o Axios afirma que a aquisição custou US$ 400 milhões aos cofres da empresa de Mark Zuckerberg.

De acordo com o anúncio oficial do Facebook, o GIPHY será incorporado pela companhia na área dedicada ao Instagram, com a empresa revelando planos de aumentar a integração entre as duas plataformas e seus outros aplicativos para permitir que o público “encontrem a melhor forma de se expressar” nas redes. O foco parece ser aumentar as capacidades do Instagram Direct e Stories, em especial na produção de GIFs e stickers animados.

Embora não tenham sido divulgados maiores detalhes sobre como fica a relação com outras empresas que usam os serviços do GIPHY, o Facebook no comunicado se diz “ansioso para investir em tecnologia e relações com conteúdo e parceiros de API”. É uma declaração que a plataforma adquirida corrobora em seu próprio comunicado em um post no Medium: “Nós vamos continuar a manter o GIPHY disponível para nosso ecossistema maior” escreve.

Ainda de acordo com o relatório da Axios, as negociações entre as duas empresas começaram pouco antes da explosão da atual pandemia do coronavírus e a princípio circulavam em torno de uma parceria ao invés de uma aquisição em si. A expectativa é que o GIPHY mantenha o branding dentro do Facebook, mesmo seu quadro de funcionários sendo integrado ao do Instagram.

Compartilhe: