fbpx
starbucks-mascaras

Starbucks é primeira rede de restaurantes a exigir que clientes usem máscaras nas lojas dos EUA

Embora muitos estados e cidades exijam o uso de máscaras, poucas empresas anunciaram políticas específicas para o tema, abrangendo também lugares onde o uso de máscara não é obrigatório

por Soraia Alves

Em um comunicado divulgado internamente pela Starbucks na última quarta-feira, 09/07, a rede de cafeterias anunciou que passará a exigir que todos os clientes usem máscaras nas lojas dos Estados Unidos. Com isso, a empresa é a primeira cadeia de restaurantes a implantar a exigência no país.

“Em nosso esforço contínuo de priorizar a saúde e o bem-estar de parceiros (funcionários) e clientes, a partir de 15 de julho, exigiremos que os clientes usem coberturas faciais enquanto visitam todos os cafés de propriedade da empresa nos EUA”, disse Reggie Borges, representante da Starbucks, em comunicado ao Business Insider.

Nos Estados Unidos, muitos estados e cidades já exigem que as pessoas usem máscaras quando estão em público, inclusive quando visitam cafeterias ou lojas. No entanto, poucas empresas anunciaram políticas específicas para o tema, que abrange também lugares onde o uso de máscara não é obrigatório.

Aos clientes teimosos que aparecerem nas cafeterias sem máscaras, será solicitado que coloquem a proteção ou utilizem outras opções de pedidos, como drive-thru ou pick-up na calçada.

A necessidade de uma política em relação ao uso de máscaras tem sido um tópico importante para diversas empresas nos EUA, especialmente as que lidam diretamente com o público, uma vez que, mesmo diante da gravidade da pandemia de Covid-19, muitas pessoas ainda se recusam a usar a proteção e exigem atendimento nos estabelecimentos. Trabalhadores em todo o país enfrentaram situações de assédio e agressão por parte de clientes anti-máscara nas últimas semanas.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link