Sony praticamente dobrou faturamento de jogos digitais do PS4 durante a pandemia

Segundo trimestre de 2020 apresentou lucro de US$ 1,4 bilhão em vendas digitais, valor que é mais que o dobro dos US$ 601 milhões obtidos em 2019

por Matheus Fiore

A pandemia do coronavírus obrigou os mais diversos mercados a se adaptarem para as novas demandas do mundo, e com a Sony não foi diferente. A empresa, porém, já tinha na venda digital dos jogos de PlayStation 4 uma grande fonte de lucro, já que o apego à mídia física decaiu consideravelmente na última década. Agora, um relatório mostra o impacto da pandemia nos negócios da empresa: a venda de jogos digitais praticamente dobrou durante o período.

A Sony divulgou o resultado de sua receita no segundo trimestre de 2020, apontando que houve um crescimento de 83% na venda de jogos digitais em relação ao mesmo período de 2019. O crescimento representa uma comercialização de 91 milhões de unidades de games.

Entre abril e junho de 2020, a Sony faturou US$ 1,4 bilhão em vendas digitais, valor que é mais do que o dobro dos US$ 601 milhões do segundo trimestre de 2019. A alta representa 128% no lucro. Mesmo com a crise, porém, a venda de jogos digitais também cresceram, alcançando um aumento de 52% que totaliza US$ 351 milhões de lucro.

Vale lembrar que não só a pandemia beneficiou os negócios da Sony. Nos últimos meses, o mercado gamer foi bastante agitado pelo lançamento de “The Last of Us Part II” e “Ghost of Tsushima”, dois jogos exclusivos do console que estavam entre os mais aguardados e, de certo modo, encerram a geração diante do lançamento do PlayStation 5, que deve vir no fim de 2020.

A próxima geração já chega impactada pela mudança de hábito do público gamer. Não por acaso, o PlayStation 5 virá com duas versões: uma com entrada para mídia física, e outra sem. Hoje, pelo aprimoramento das tecnologias de memória e transferência de dados, é normal que boa parte do público opte por comprar os jogos apenas em mídias digitais, o que justifica a escolha.

Compartilhe: