Walmart adere aos drones para entregas

Iniciativa é uma forma do Walmart competir com a Amazon, que já recebeu a aprovação para implementar seu sistema de entrega de drones, o Prime Air

por Soraia Alves

O Walmart é mais uma empresa a aderir aos drones para entregas. A partir de 2021, a empresa usará drones autônomos para entregar certos pedidos aos clientes.

A rede vai trabalhar em parceria com a empresa Zipline. Apenas produtos médicos e de saúde e bem-estar do Walmart farão parte do programa piloto, que começa a ser testado apenas em parte do Arkansas. Os drones cobrirão um raio de 80 quilômetros ao redor da sede do Walmart na cidade de Bentonville.

Os itens encomendados online ou através do app do Walmart são colocados em uma caixa de entrega Zipline anexada ao drone. Os produtos, de remédios para dor de cabeça a lenços umedecidos, vêm de uma loja do Walmart nas proximidades. O pedido então voa por uma rota pré-programada até a porta do cliente, onde a caixa cai de paraquedas e, então, o drone retorna para sua base.

A Zipline tem experiência com entrega de suprimentos médicos por drones em países como Ruanda e Gana. Desde o início da pandemia de Covid-19, a empresa também entrega equipamentos de proteção individual e medicamentos a um hospital da Carolina do Norte.

De acordo com o Walmart, após o período de testes o programa pode ser expandido, tanto em cobertura quanto nos produtos a serem entregues. Essa é uma forma do Walmart competir com a Amazon, que já recebeu a aprovação nos Estados Unidos para implementar seu sistema de entrega de drones, o Prime Air.

Compartilhe: