https___fansided.com_wp-content_uploads_getty-images_2019_06_1148081171

Como o casal Downey atualizou as definições de “super-herói” em Hollywood

Robert Downey Jr. e Susan Downey palestraram sobre os valores da produtora Team Downey durante o Fast Company Innovation Festival

por Juliana Vilhena Nascimento / COO da F.biz

Preciso confessar: eu sempre tive um certo crush pelo Robert Downey Jr.. Torci pelo rehab dele algumas vezes – e como todas as boas histórias heroicas, a dele teve final feliz. Ele não só construiu uma carreira de sucesso na atuação, mas também se tornou um empreendedor de sucesso no ramo do cinema. 

Essa pequena digressão explica porque hoje foi especialmente interessante assistir a palestra que inaugurou o Fast Company Innovation Festival, que trouxe Robert e Susan Downey – no melhor estilo Pepper Potts e Tony Stark – pra falar sobre a Team Downey, a companhia de produção audiovisual fundada por eles que desde 2010 produz filmes e séries como os filmes de Sherlock Holmes estrelados por ele e a recém-lançada série “Perry Mason”.

A conversa obviamente passou pela história pessoal do casal, mas ganhou profundidade quando começaram a falar sobre os valores, a cultura e a filosofia da companhia. E o que vimos foi uma aula de liderança, não daquelas “planejadinhas” e bem ensaiadas mas uma verdadeira “aula-raiz” – com alguns divertidos “sincericídios” de Robert no caminho.

Divido alguns pontos altos da conversa no evento abaixo:

1. Pra eles, a cultura parte de 3 coisas: confiança, respeito e comunicação. Parece batido? Pois eles falaram que trabalham muito pra que a comunicação seja um tecido que conecta as pessoas e os valores. E eles levam isso tão a sério que inclusive usam metodologias para comunicação eficaz, como o Blink Method

2. A companhia trabalha num ciclo virtuoso: paixão que gera criatividade que gera sucesso que gera satisfação que gera paixão que gera criatividade…

3. Pra isso funcionar, é preciso equilibrar protagonismo e colaboração na dinâmica entre os times. Foi aqui que um dos “sincericídios” de Robert apareceu: o ator admitiu que isso foi aparecendo e ficando mais claro por acaso, mas que hoje uma das preocupações deles como sócios é justamente “encorajar as pessoas a sujarem as mãos, sozinhas ou em grupos”

4. A complementaridade dos talentos é chave. Susan é uma produtora incrivelmente eficaz, Robert tem mais da visão artística – mas se vocês assistiram os filmes, vocês sabem que quem tem a última palavra é Pepper, claro.

Os Downey terminaram compartilhando sua filosofia de vida como conselho: “Explorar – nos filmes, nos negócios, e na vida”. Boa inspiração pra este início de semana, não é mesmo?

Compartilhe: