Barbie e Nikki explicam racismo em canal da boneca influencer

Personagem do universo animado da Barbie relata algumas das situações pelas quais já passou como uma garota negra que mora nos Estados Unidos

por Soraia Alves

A Barbie tem um canal no YouTube e, diferente de tantos conteúdos da plataforma, o canal tem abordado temas importantes e que estão em discussão na sociedade, desde que a Mattel lançou a boneca também como criadora de conteúdo em 2015. Para além dos tutoriais de maquiagem e dicas de moda, a Barbie também faz vlogs sobre tópicos como saúde mental, feminismo e adaptação à nova rotina de quarentena. Agora, a boneca influencer convidou a amiga Nikki para uma conversa sobre racismo.

2020 tem sido um ano marcado por manifestações em todo o mundo pedindo igualdade racial, inspiradas especialmente pelo movimento Black Lives Matter, e que tomou grandes proporções principalmente nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, um homem negro que foi morto por um policial branco em maio. Dentro deste cenário, o vlog da Barbie ajuda a contextualizar o racismo através das experiências pessoais já vividas por Nikki, também uma personagem do universo animado da Barbie, e que relata algumas das situações pelas quais já passou como uma garota negra que mora nos Estados Unidos.

“Milhões de pessoas em todo o mundo estão se levantando para lutar contra o racismo e estão fazendo isso porque muitas vezes, e por muito tempo, as pessoas foram tratadas injustamente”, diz Barbie no vídeo postado na última quarta-feira, 07/10. Ela acrescenta que, embora esse assunto não seja fácil de falar, é necessário fazê-lo. “Eu, e tantos outros negros, temos que lidar com o racismo”, diz Nikki. “O tempo todo. É muito doloroso, e pode ser assustador e triste”.

As experiências relatadas por Nikki são muito familiares, como ser parada por seguranças, a incredulidade de uma professora de francês ao ver que ela sabe a língua, entre outras situações: “Normalmente, quando falo sobre essas coisas, as pessoas dão desculpas. As pessoas fazem essas coisas comigo porque eu sou negra, e fazem suposições erradas sobre mim”.

Barbie usa o que a amiga disse para resumir o que é o privilégio branco: “Eles não fazem essas suposições sobre pessoas brancas, como eu. Isso significa que os brancos têm uma vantagem que não merecem e os negros têm uma desvantagem que também não merecem.” Nikki ressalta que é importante que as pessoas se posicionem contra o racismo.

O vídeo se tornou um viral no Twitter e no TikTok, e a maioria das pessoas tem elogiado a iniciativa, especialmente por explicar um conceito tão delicado de uma forma muito didática para que todos possam entender. Muitos ressaltar, inclusive, que em nenhum momento a Barbie fala no lugar da Nikki.

O episódio foi co-escrito por Aydrea Walden, que também escreve para Disney Jr. e Nickelodeon.

Compartilhe: