cover-google3 (1)

Google lança novos painéis de informação para conter fake news sobre vacinas da Covid-19

Ferramenta está sendo disponibilizada primeiramente no Reino Unido, onde a vacina BioNTech/Pfizer já foi aprovada e está sendo administrada na população

por Soraia Alves

O Google está lançando em sua plataforma de pesquisa novos painéis de informação sobre as vacinas conta a Covid-19. A ideia é que a nova ferramenta ajude a conter as fake news sobre o assunto, especialmente agora que as vacinas estão começando a sair.

A ferramenta está sendo disponibilizada primeiramente no Reino Unido, onde a vacina BioNTech/Pfizer já foi aprovada e está sendo administrada na população. A ideia é introduzir o recurso em mais países conforme as autoridades de saúde locais começarem a autorizar vacinas.

Os painéis incluem informações sobre cada vacina individual e têm como objetivo abordar a desinformação e fornecer orientações sobre como, quando e onde as pessoas podem receber as vacinas. O Google usou um recurso semelhante para compartilhar informações reais sobre a Covid-19 no início da pandemia.

Além dos resultados da pesquisa, o Google afirma que está compartilhando informações semelhantes sobre vacinas por meio de seus painéis Covid-19 no YouTube. Eles foram lançados pela primeira vez em março e a empresa diz que foram vistos mais de 400 bilhões de vezes desde então. O Google também está bloqueando o conteúdo ‘antivax” no YouTube, e anunciou em outubro que removeria vídeos contendo informações incorretas sobre as vacinas da Covid-19. Até agora, a empresa garante que barrou mais de 700 mil vídeos com “informações médicas perigosas ou enganosas relacionadas à Covid-19”.

Por fim, o Google também anunciou que está aumentando os fundos para ajudar autoridades de saúde e a mídia a fornecer informações úteis sobre as vacinas e barras fake news. A empresa está fornecendo US$ 15 milhões adicionais em subsídios de publicidade para a Organização Mundial da Saúde para ajudá-la a promover iniciativas de saúde, e mais US$ 1,5 milhão para apoiar pesquisas de verificação de fatos e financiar um Centro de Mídia de Vacinas Covid-19, que se destina a ser um recurso para jornalistas para ajudá-los a ter acesso a conhecimentos científicos e atualizações de pesquisa.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link