Converse apresenta filme inspirado em celebração cultural e raízes

Filme é inspirado no manifesto global sobre o que é ser um All Star

por Soraia Alves

Com o objetivo de engajar, celebrar e amplificar as mais diversas vozes, a Converse convida pessoas de sua comunidade a resgatar suas origens e reconhecer nelas as suas potencialidades para incentivar o progresso. A marca criou um filme inspirado no manifesto global sobre o que é ser um All Star, que foi interpretado por três membros da sua comunidade criativa, além de uma convidada especial que traz a visão PCD ao que é ser um All Star.

Aliada ao poder da diversidade, a Converse busca novas formas de suportar o progresso por meio da herança de histórias dos membros de sua comunidade All Stars, um grupo de jovens líderes criativos de várias partes do mundo apoiados pela marca, que compartilham o compromisso com a mudança e sobre como isso pode moldar o avanço nos dias de hoje.

Os convidados que participam do manifesto são Vitória Bortolo, Marcelo Rocha, Vitória Ferreira e Michele Simões, que se reuniram para entender o que ser um All Star significa para eles e como as suas raízes são parte crucial da sua formação como jovens criativos. Eles também trouxeram elementos para criar tanto o texto, quanto as representações estéticas do filme. O resultado foi um manifesto potente que mostra como a comunidade do Brasil interpreta o que é ser um All Star. 

O filme todo foi filmado em pontos de São Paulo como Brasilândia, Viaduto Santa Efigênia e a praça Roosevelt. O material também conta com legendas, interpretações de libras e audiodescrição, sendo o primeiro filme da marca totalmente acessível.

Compartilhe: