Google lança Blob Opera, ferramenta para usuário criar sua própria música de fim de ano

Recurso está no Google Arts & Culture, e usa aprendizado de máquina criado pelo artista David Li

por Soraia Alves

O Google lançou a Blob Opera, uma ferramenta viciante que permite ao usuários criar sua própria ópera de fim de ano. O recurso está no Google Arts & Culture, e usa aprendizado de máquina criado pelo artista David Li.

Com a ferramenta, o usuário pode guiar o tom e o som das vogais dos quatro Blobs, que estão prontos para transformar ideias musicais em belas harmonias. É possível, também, gravar a criação e compartilhar nas redes sociais.

O modelo de aprendizado de máquina desenvolvido foi treinado nas vozes de quatro cantores de ópera para criar um experimento envolvente para todos, independentemente de suas habilidades musicais. O tenor, Christian Joel, o baixo Frederick Tong, a mezzo-soprano Joanna Gamble e a soprano Olivia Doutney gravaram muitas horas cantando. No experimento, não se ouve as vozes dos artistas, mas, sim, a interpretação do modelo de aprendizado de máquina de como é o canto lírico, com base no que ele aprendeu com os cantores de ópera.

O resultado permite que você toque os Blobs, que respondem e se harmonizam em tempo real. Para quem não quiser criar nada, também é possível colocar os Blobs em uma performance festiva automática com clássicos como “Jingle Bells” e “The Holy Night”.

O Google Arts & Culture pode ser conferido através da plataforma ou do aplicativo disponível para Android ou iOS.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link