cover-tiktok3

TikTok reforça privacidade de contas de adolescentes e crianças

Perfis de usuários entre 13 a 15 anos não serão sugeridos a estranhos e terão a seção de comentários restrita a amigos

por Pedro Strazza

O TikTok anunciou nesta quarta (13) que atualizou as configurações de privacidade de usuários de idade entre 13 a 15 anos para reforçar ainda mais a segurança de quem pode assistir e comentar os vídeos destas contas. A partir de agora, apenas quem os donos das contas adicionarem como amigos na plataforma poderão ter acesso a seus vídeos, enquanto seu perfil não será sugerido a desconhecidos. Este esquema é automático para as contas da área.

Além da restrição de acesso, a rede social também confirmou no blog oficial que vai desabilitar a opção que permite a qualquer um comentar os vídeos destes usuários, mesmo quando eles disponibilizarem publicamente o perfil – ou seja, crianças de 13 a 15 anos só vão poderem receber comentários de amigos ou desabilitar por completo a seção. Já as opções de compartilhamento Duet e Stitch, que servem para que perfis respondam vídeos de outros, serão desligados para todas as contas com idade declarada inferior a 16 anos.

Por fim, para usuários entre 16 e 17 anos, o TikTok afirma que desativou a opção de download de seus vídeos por outras contas, além de restringir o acesso ao Duet e o Stitch ao alcance de seus amigos.

O conjunto de ações “automáticas” é mais uma medida de proteção do TikTok a todos os menores de idade que tem conta na sua plataforma, que começou a engrenar a partir do começo de 2020 com a criação de um controle parental para estes usuários. Como bem lembra o The Verge, é algo feito sobretudo para evitar erros do passado, em especial os caros: em 2019, a companhia teve que gastar US$ 5,7 milhões para acertar um acordo num processo que acusava o antecessor Musical.ly de criar ferramentas de autorização parental para usuários com idade inferior a 13 anos.

Compartilhe: