google-facebook

Facebook e Google podem ter feito acordo para reduzir competição de anúncios

Apelidado de "Jedi Blue", o acordo teria feito o Google "conceder favores ao Facebook" sobre espaços publicitários em troca de apoio para vender esses anúncios

por Soraia Alves

De acordo com uma reportagem do The New York Times, Facebook e Google fizeram um acordo em 2018, que supostamente reduziu a competição publicitária entre as empresas. Apelidado de “Jedi Blue”, o acordo, apresentado em documentos de leis antitruste do Texas, teria feito o Google “conceder favores ao Facebook” sobre espaços publicitários em troca de apoio a abordagem de Open Bidding do Google para vender esses anúncios.

Os termos deram ao Facebook vantagens inerentes, de acordo com o NYT. O Facebook teve mais tempo para licitar anúncios, negócios de cobrança direta com os sites que hospedam os anúncios e ajuda do Google para entender o público dos anúncios. Como parte do acordo, o Facebook disse que faria lances em pelo menos 90% dos leilões de anúncios quando pudesse identificar os usuários, e prometeu gastos mínimos de até US$ 500 milhões por ano. A empresa também pediu ao Google que evitasse usar informações de lance para inclinar os leilões de anúncios a seu favor.

Outros parceiros de publicidade do Google não chegaram a um acordo tão bom. O Texas acusou efetivamente o Google de garantir um determinado número de vitórias de anúncios para o Facebook e colocar os rivais em desvantagem.

Segundo um porta-voz do Facebook, acordos como esse com o Google na verdade “ajudam a aumentar a competição” em lances de anúncios, e que argumentos contrários “são infundados”. Já um porta-voz do Google disse que o processo do Texas “deturpa” os aspectos de seu negócio de publicidade.

De qualquer forma, esse é mais um capítulo sobre a regulamentação dessas gigantes da tecnologia. Uma cláusula do tal acordo, por exemplo, exigia que as duas empresas “cooperassem e auxiliassem” caso houvesse uma investigação sobre suas práticas, e o acordo mencionava “antitruste” pelo menos 20 vezes.

Compartilhe: