20190614055254

Jeff Bezos deixa cargo de CEO da Amazon

É a primeira mudança de CEO da companhia desde sua fundação em 1994; transição acontece até o fim do terceiro trimestre e deve manter Bezos como peça importante

por Pedro Strazza

Jeff Bezos não é mais o CEO da Amazon. Um dos homens mais ricos do planeta, o executivo anunciou nesta terça (2) a decisão de deixar o cargo que mantém desde 1994, a fim de fazer a transição para um novo cargo de presidente executivo do conselho da empresa até o fim do terceiro trimestre de 2021. Seu sucessor é Andy Jassy, atual CEO da Amazon Web Services.

A mudança foi divulgada por meio de um e-mail interno, no qual Bezos comenta que manterá uma posição de importância dentro da empresa de seu novo cargo no conselho. “Ser o CEO da Amazon é uma grande responsabilidade, e que consome muito.” declarou o executivo; “Quando se tem uma responsabilidade como essa, é difícil manter atenção em qualquer outra coisa”.

Bezos ainda comenta que chegou à decisão por querer focar as atenções em outras de suas iniciativas, incluindo o Day 1 Fund, o Bezos Earth Fund, a Blue Origin e o The Washington Post, todos partes do que ele diz serem suas “outras paixões”.

O anúncio marca a primeira mudança de CEO da história da Amazon, dado que Bezos exerce a posição de CEO desde a fundação da empresa em 1994. Embora o executivo diga manter posição nas decisões da companhia, é algo que sem dúvidas marca o fim de um arco de ascensão notável da empresa, que se tornou a gigante máxima do e-commerce ao longo dos últimos 27 anos a ponto de investir em outras fontes de receita – incluindo o Whole Foods, o Amazon Prime Video, a Alexa e o Kindle.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link