tiktokb9

TikTok vai combater desinformação sobre distúrbios alimentares

Parceria com associação norte-americana vai oferecer suporte a usuários a partir de informações sobre o tema

por Matheus Fiore

O TikTok anunciou uma parceria com a NEDA (National Eating Disorder Association) para combater conteúdos que levem desinformação sobre distúrbios alimentares para o público do app da ByteDance. A novidade trará dois novos recursos para a plataforma e aprimorará o monitoramento de conteúdo relacionado à alimentação.

Quando um usuário pesquisar por termos como anorexia ou distúrbio alimentar, o aplicativo mostrará uma tela com informações de suporte. Nos EUA, as pessoas poderão até mesmo ligar diretamente para a associação, pelo telefone que será exibido na tela do aplicativo. Além disso, a pesquisa de termos relacionados também fará com que o app exiba conselhos sobre como lidar com transtornos alimentares.

Nos últimos anos, o TikTok tem sofrido com conteúdos inadequados em sua plataforma. Na Índia, por exemplo, o app teve um sério problema com cyberbullying, que levou legisladores locais a discutirem o banimento do app por promover “degradação cultural”. Desde então, a plataforma tem se esforçado para encontrar maneiras de combater conteúdo nocivo.

Agora que é, juntamente ao Instagram, a plataforma social mais popular do mundo, o app tenta encontrar maneiras de não só impedir que conteúdo perigoso seja postado na rede social, mas também de fazer com que o usuário se sinta seguro e acolhido enquanto navega pelo aplicativo.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link