Preocupado com festas "pós-pandemia", Airbnb lança iniciativa de viagens responsáveis
Sense 8 Christmas Special SEX

Preocupado com festas “pós-pandemia”, Airbnb lança iniciativa de viagens responsáveis

Serviço vai bloquear reservas de última hora e de uma noite de quem tem histórico negativo durante o feriado de independência nos EUA

por Pedro Strazza

Enquanto no Brasil o cenário é de desespero perante a ausência de medidas que refreiem a disseminação da doença, em outras partes do globo a pandemia começa a ficar sob controle com ajuda da campanha de vacinação e a aplicação devida de lockdown. Nos EUA, a meta parece reestabelecer uma sensação de normalidade a partir do dia 4 de julho, dia da independência do país, e não parece ser absurdo afirmar que tem muito cidadão planejando uma “festa daquelas” pra marcar a ocasião.

A questão é que a pandemia ainda está longe de acabar no mundo, mesmo com reaberturas e uma maioria da população vacinada, e festinhas neste momento podem ser o passo errado que mergulha toda a população na quarentena por tempo indeterminado. Por isso tudo, faz todo o sentido que o Airbnb tenha inaugurado nesta terça (13) no país o “Verão da Viagem Responsável”, programa que visa aumentar o apoio a anfitriões e ajustar as políticas de segurança da plataforma para prevenir que eventos de grande escala aconteçam durante as semanas do verão norte-americano.

O pacote de medidas inclui principalmente o bloqueio de hospedagens de uma noite e de última hora durante o feriado da independência, que será aplicado a todos os usuários que não tiverem um histórico de avaliações positivas da parte dos anfitriões. A medida é similar ao que a companhia realizou no Halloween do ano passado, embora na época a plataforma tenha cancelado reservas com este perfil – desta vez, quem tem bom histórico ou já realizou a reserva poderá prosseguir com os planos.

Além dessa ação, a empresa também vai oferecer descontos em aparelhos de detecção de ruído em parceria com a Minut para ajudar anfitriões no monitoramento externo de quaisquer agitações sob as casas que disponibilizam para hóspedes – e quem utilizar aparelhos do tipo será obrigado a informar na descrição da locação. Por fim, a linha de apoio à vizinhança passará a atender chamadas em espanhol, a fim de permitir que moradores próximos do Airbnb tenham como resolver casos de importunação sem recorrer à polícia.

Esta última parte revela um pouco da situação impossível que o Airbnb se encontra no momento, entre encorajar viagens para se beneficiar nos negócios e realizar a manutenção de segurança de hóspedes e anfitriões num momento em que tudo aponta para descontrole e riscos de saúde para a população.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link