N-Plus: Netflix considera lançar espaço online para que usuários criem playlists e ouçam podcasts

N-Plus: Netflix considera lançar espaço online para que usuários criem playlists e ouçam podcasts

Projeto parece estar em fase inicial e busca misturar ferramentas de redes sociais com buscadores

por Pedro Strazza

Na verdadeira guerra por atenção do mercado de streaming parece valer tudo para manter o usuário consumindo conteúdos de sua plataforma, inclusive criar uma segunda apenas para manter a experiência mesmo quando o público não estiver interessado em assistir alguma coisa. Essa parece ser a ideia do “N-Plus”, um novo projeto da Netflix que a companhia começou a incluir em questionários enviados aos usuários para consideração de novos produtos.

A informação vem do Protocol, cuja equipe de reportagem confirma ter recebido a pesquisa em que se descreve o N-Plus como “um espaço online futuro onde você pode aprender mais sobre os programas da Netflix e tudo que se relaciona a eles”. O mais curioso é como esse projeto é introduzido: de acordo com o veículo, o questionário da plataforma faz perguntas sobre temas como podcasts, playlists criadas pelos usuários e guias de passo a passo.

A ideia parece ser mesmo a de tornar o serviço em um complemento imediato da experiência da Netflix, misturando elementos de redes sociais com de buscadores tradicionais. Na pesquisa obtida pelo Protocol, a Netflix escreve que a N-Plus seria um lugar para ir “quando você entra no Google para buscar qualquer coisa sobre um programa ou atores de uma série que você tenha interesse”, descrevendo acessos nas mensagens dos apps da empresa ou mesmo nas páginas do catálogo do streaming.

As ideias são bem expansivas, mas o ponto central é a interação. Além de playlists dos conteúdos do catálogo (com trailers sendo exibidos quando o visitante não tiver logado na Netflix) e resenhas de usuários, o questionário também pergunta do interesse do público pela disponibilidade de listas de músicas tocadas durante um programa ou filme, além da ideia das pessoas poderem montar as próprias playlists a partir destas listagens. Chega ao ponto de uma das perguntas querer saber se o usuário tem interesse de descobrir produções originais que estejam em pré-produção, a fim de “influenciar seu desenvolvimento com feedback antes do fim das filmagens”.

Enquanto a Netflix apenas confirma a existência do questionário ao Protocol como parte de seu esforço rotineiro de explorar possibilidades para a plataforma, o grau das perguntas já indica que o N-Plus está em estágio bastante preliminar no momento e deve demorar a tomar forma lá dentro. Por agora, o que vale notar é o interesse do principal serviço de streaming em expandir sua experiência com o usuário para algo que vá além do consumo do catálogo, fornecendo mais serviços no processo que adicionem às suas maratonas e sessões.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link