uberb9
Imagem: Twitter/Dara Khosrowshahi

CEO da Uber trabalhou como entregador UberEats e fez apenas 0.3% de seu salário diário

Internet questiona pois ganhos registrados estão muito acima da média da profissão nos Estados Unidos

por Matheus Fiore

O CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, fez um experimento interessante e revelador: trabalhou por 3 horas e meia como entregador da UberEats, o braço de entregas de alimentos da companhia, e relatou sua experiência nas redes sociais. Khosrowshahi investiu algumas horas durante dois dias e realizou dez entregas.

Ao todo, Khosrowashahi lucrou US$ 106,71, o que equivale a apenas 0.3% de seus ganhos diários como mandatário da maior empresa de aplicativos de transporte do mundo. Em seu Twitter, o CEO compartilhou uma selfie e uma captura de tela com seus lucros após dez entregas.

https://twitter.com/dkhos/status/1408965079836499975

Em 2020, Dara Khosrowshahi recebeu acima de US$ 12 milhões, incluindo ganhos com ações da empresa. O número equivale ao equivalente a mais de 340 vezes ao que ele ganharia se fosse apenas um entregador da Uber. Com o capacete e o aplicativo na mão, os ganhos de Khosrowshahi equivalem a US$ 19 por hora – a média para entregadores da Uber Eats é entre US$ 12 e US$ 18.

No Twitter, alguns usuários questionaram os números apresentados pelo empresário, afirmando que havia uma discrepância entre as horas de trabalho e os ganhos. Um porta-voz da empresa justificou a discrepância afirmando que se deve aos intervalos não contabilizados e às gorjetas recebidas durante o trabalho. Vale lembrar que, nos Estados Unidos, um entregador de serviços de delivery costuma ganhar em média US$ 13 por hora.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link