ByteDance começa a vender tecnologia por trás do algoritmo do TikTok

ByteDance começa a vender tecnologia por trás do algoritmo do TikTok

Recursos de efeitos de vídeo e tradução automática de texto e fala também são oferecidas pela nova divisão da companhia, a BytePlus

por Pedro Strazza

A ByteDance começou a negociar com terceiros a inteligência artificial que serve de base para a estrutura do algoritmo do TikTok. De acordo com o Financial Times, a companhia fundou uma nova divisão batizada de BytePlus para tocar esta área dos negócios, que já contam com o app de moda Goat, o site de viagens WeGo e a paltaforma de compras Chilibeli como clientes.

A distribuição da IA pela empresa é bastante aberta, pelo visto. No site oficial do BytePlus, a ByteDance escreve que interessados não apenas terão acesso ao algoritmo de recomendação que tornou o TikTok tão popular como poderão adaptá-lo às suas plataformas, com direito a ofertas adicionais de recursos como efeitos de vídeo e tradução automática de texto e fala. Ferramentas de análise de dados obviamente estão no pacote.

O movimento interessa a muitos porque o algoritmo de recomendação do TikTok é um tanto diferente e mais encorpado que o de outras redes sociais concorrentes. Como bem lembra o The Verge, a companhia no ano passado mostrou em seu blog oficial como o sistema aproveita quase todos os passos dados pelo usuário em seu ecossistema para determinar que vídeos recomenda e mesmo apresenta na linha do tempo, incluindo de manobras tradicionais de análise de curtidas e compartilhamentos a tópicos como configurações do app no celular para localização e mesmo língua.

Enquanto a tecnologia é desejada, a ByteDance definitivamente não está sozinha neste novo mercado, com empresas do porte de Amazon, Google, IBM, Microsoft, Alibaba, Baidu e Tencent também oferecendo serviços de inteligência artificial.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link