governo-dia-agricultor
Imagem: Reprodução/Twitter/SecomVc

Governo Federal comemora Dia do Agricultor com foto de caçador

Foto de um homem armado com uma espécie de espingarda, bem semelhante a um caçador, está vinculada a algumas séries da fotógrafa Carine König sobre caça

por Soraia Alves

O Governo Federal publicou, via Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, uma homenagem ao Dia do Agricultor, comemorado neste 28 de julho. No entanto, a escolha da imagem para ilustrar a categoria é bem duvidosa. A foto em questão traz um homem armado com uma espécie de espingarda, bem semelhante a um caçador. Em uma busca no banco de imagens Getty Images, a foto é creditada à Carina König, e está vinculada a algumas séries da fotógrafa sobre caça.

Reprodução/Getty Images

Na postagem da SecomVc no Twitter, a imagem acompanha a mensagem: “Hoje homenageamos os agricultores brasileiros, trabalhadores que não pararam durante a crise da Covid-19 e garantiram a comida na mesa de milhões de pessoas no Brasil e ao redor do mundo”.

O post ainda traz uma thread que destaca algumas medidas realizadas pelo governo e que seriam positivas para a agricultura brasileira, além de reforçar que o presidente Jair Bolsonaro estendeu o porte de armas a proprietários rurais – o que “justificaria” a escolha da imagem com um homem armado para a homenagem: “O Governo também conseguiu reduzir a invasão de terras e está melhorando a infraestrutura das estradas, o que reduz os custos de transporte dos alimentos. Além disso, o Presidente Jair Bolsonaro estendeu a posse de arma do proprietário rural a toda a sua propriedade”.

Em 2019, Bolsonaro criou a chamada posse rural estendida, que permite que um produtor rural ou fazendeiro possa andar com uma arma por toda a extensão de sua propriedade, e não apenas em casa. O presidente defende, ainda, um excludente de ilicitude para produtores rurais em casos de invasão, que permitiria aos proprietários rurais atirarem contra invasores sem punição por isso. Diferente da primeira, essa proposta não teve apoio para ser aprovada.

[Atualização 28/07, 16:30] Após a repercussão negativa da postagem, a SecomVc apagou a mesma das redes sociais.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link