Filmes nacionais e 4 toneladas de documentos históricos estão no acervo atingido por fogo na Cinemateca • B9

Filmes nacionais e 4 toneladas de documentos históricos estão no acervo atingido por fogo na Cinemateca

Incêndio atingiu um dos galpões da instituição e foi controlado após ação de 1h45 do corpo de bombeiros

por Pedro Strazza
Capa - Filmes nacionais e 4 toneladas de documentos históricos estão no acervo atingido por fogo na Cinemateca
Imagem: Reprodução

O Brasil na noite da última quinta-feira (29) assistiu pálido a um incêndio em um dos galpões da Cinemateca Brasileira, localizado na Vila Leopoldina e responsável por parte do armazenamento do acervo da instituição. Enquanto durante a ação dos bombeiros o debate ficou em torno da ausência criminosa de gerenciamento do governo federal sobre a preservação dos materiais, a extensão do dano causado pelo evento ao acervo em si permaneceu até então uma incógnita.

Nesta sexta (30), porém, começa a ser revelada o que exatamente estava a alcance do fogo que atingiu o galpão. O corpo de bombeiros conseguiu controlar o incêndio após uma hora e quarenta e cinco minutos de atuação e identificou que as chamas podem ter começado durante a manutenção do ar condicionado por uma empresa terceirizada, contratada pelo governo federal e que foi incapaz de controlá-lo.

Tendo essas informações à mão, o coletivo de Trabalhadores da Cinemateca Brasileira formado por funcionários, pesquisadores e cineastas soltou na manhã de hoje um documento apontando o que pode ter sido afetado ou mesmo perdido pelo incêndio. O dano é incomensurável: cerca de 4 toneladas de documentos da história do cinema brasileiro, equipamentos e películas em 35mm de produções nacionais e estrangeiras estiveram ao alcance do fogo.

A lista divulgada pelo grupo – que você pode conferir na íntegra abaixo – inclui parte considerável dos arquivos de órgãos do audiovisual já extintos, como a Embrafilmes (Empresa Brasileira de Filmes), o INC (Instituto Nacional do Cinema) e o Concine (Conselho Nacional de Cinema); uma porção de documentos do acervo de Glauber Rocha, incluindo duplicatas de sua biblioteca; uma parte do acervo da Pandora Filmes, distribuidora que contava com cópias de filmes nacionais e internacionais em 35mm no galpão; parte do acervo de negativos da produção de estudantes da Escola de Comunicações e Artes da USP; o acervo em vídeo do jornalista Goulart de Andrade; equipamentos e mobiliário de cinema e fotografia, essenciais no conserto de máquinas em uso; e matrizes e cópias de todo tipo de produção audiovisual histórica, incluindo cinejornais, trailers, publicidade, filmes documentais e até mesmo filmes de ficção e domésticos únicos.

Ainda de acordo com o pesquisador Ruy Gardnier, o acervo documental de Glauber Rocha potencialmente atingido pelo incêndio inclui uma série de recortes não digitalizados da cobertura da imprensa no país e no estrangeiro sobre o cineasta, incluindo artigos críticos únicos de seus filmes.

A S.O.S. Cinemateca Brasileira, rede de funcionários da instituição, também divulgou nas redes sociais as primeiras imagens cedidas pelo corpo de bombeiros do galpão após o controle do incêndio, que você pode conferir na íntegra abaixo.

Os protestos sobre a irresponsabilidade do governo federal á gestão da Cinemateca continuam, enquanto isso. Como bem lembra o G1, os funcionários protestam sobre a crise da instituição e alertam para perigos de danos iminentes a seu acervo desde o ano passado, quando atrasos de salários, pagamento de contas de água e energia e até mesmo o fim do contrato com a brigada de incêndio e equipe de segurança jogaram a manutenção da instalação ao relento.

Enquanto funcionários continuaram a tentar manter a Cinemateca sob toda forma de improviso, o governo federal chegou a demitir funcionários e o corpo técnico por não poder manter os salários em dia, mas não providenciou substitutos. O Ministério Público Federal entrou com ação na Justiça por conta do abandono, mas suspendeu a manobra após a administração se comprometer a implementar medidas em até 45 dias. O prazo se foi, e o MPF voltou a alertar o governo sob risco de incêndio há dez dias.

Responsável direta pelo gerenciamento, a Secretaria Especial de Cultura informa em nota oficial que “lamenta profundamente e acompanha de perto o incêndio que atinge um galpão da Cinemateca Brasileira” e que pediu uma investigação à Polícia Federal para investigar a origem do fogo. Uma mudança de rumo sob a preservação de todo o acervo, porém, não foi confirmada.

todo tipo
de conversa
para quem quer
sair do raso
Photo by Prince Akachi on Unsplash

transforme sua marca em conversa
conte com o b9

20 anos de pioneirismo digital

Aqui no B9, a gente adora uma conversa. Mais do que uma paixão, elas viraram o nosso negócio. O B9 já produziu milhares de episódios, canais temáticos, eventos, palestras e campanhas que contam histórias, expandem horizontes e criam conexões autênticas com a audiência. Buscando diferentes pontos de vista e com ideias que nos tiram do raso. Através de oportunidades de mídia, conteúdos originais em podcast e projetos multiplataformas, o B9 também coloca marcas e empresas nessas rodas de conversa. Pra conhecer nossos cases e tudo o que o B9 pode fazer pela sua marca acesse o site:

negocios.b9.com.br
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
  • Logo de parceiro
icone de linkCopiar link