Participantes da CES 2022 precisam apresentar comprovante de vacinação
Imagem: Divulgação/CES

Participantes da CES 2022 precisam apresentar comprovante de vacinação

Evento não mencionou quais vacinas seriam consideradas aceitáveis para permitir a entrada na CES 2022

por Soraia Alves

Marcada para o dia 05 de janeiro do ano que vem, a Consumer Technology Association já avisou que sua edição de 2022 será presencial, e que os participantes do evento deverão apresentar um comprovante de vacinação contra a Covid-19. Segundo os organizadores, o público também poderá apresentar como prova o resultado de um teste de anticorpos positivo, embora essa opção ainda esteja sendo avaliada.

De acordo com o chefe do CTA, Gary Shapiro, a decisão é um reflexo da “ciência de hoje”, mostrando que as vacinas são a “melhor esperança” para conter a Covid-19. O evento não mencionou quais vacinas seriam consideradas aceitáveis para permitir a entrada na CES 2022. Ainda de acordo com a organização, eles pretendem “seguir as diretrizes estaduais e locais” dos Estados Unidos.

A questão sobre quais vacinas podem ou não ser consideradas pelo evento é importante para visitantes e empresas de outros países que desejam participar do evento. Atualmente, algumas vacinas não foram aprovadas nos Estados Unidos, caso da AstraZeneca. Isso implica até mesmo para pessoas que foram imunizadas com doses mistas de vacinas, como no Canadá.

A CES também planeja manter uma parte do evento de forma virtual, contemplando aqueles que não comparecerem presencialmente.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link