instagram-app-brasil
Imagem: Reprodução

Pesquisa mostra que Whatsapp e Instagram são os aplicativos mais populares no Brasil

Estudo também aponta que o nível de confiança dos brasileiros nas plataformas digitais chega a 80%

por Soraia Alves

A segunda edição do Global Pre-Paid Index (GPI), pesquisa realizada pela Ding, aponta o WhatsApp como o aplicativo mais usado no Brasil (85%). O ranking ainda traz o Instagram como o segundo app mais usado pelos brasileiros (76%), seguido do Facebook Messenger (65%) e da Netflix (60%). 

A pesquisa global, conduzida em setembro pela Ding, examinou as opiniões de 6.250 entrevistados em oito mercados: Brasil, México, Índia, Indonésia, Filipinas, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Alemanha e Nigéria. Neste contexto, o Brasil aparece como um país que tem alta confiança nas plataformas de mídias sociais. De acordo com o levantamento, o nível de confiança dos brasileiros nas plataformas digitais chega a 80%, com o país ocupando a quarta posição em todos os mercados apurados. 

Brasileiros entre os maiores dependentes do celular

Independentemente da situação econômica, os celulares foram citados como a primeira coisa que os brasileiros não podiam passar um dia sem utilizar: a afirmação foi feita por sete em cada dez entrevistados (68%). A necessidade de usar o celular é maior que falar com a família (54%), navegar nas redes sociais (42%) ou falar com amigos (26%).

O estudo também descobriu que os brasileiros continuam a ser uma das principais nacionalidades no mundo a enviar e receber recarga de amigos e familiares. Seis em cada dez (59%) brasileiros enviaram ou receberam recargas pré-pagas nos últimos seis meses, com 29% enviando e 36% recebendo diariamente ou semanalmente.

“É evidente, a partir de nosso estudo, que enviar e receber recarga é uma tendência importante, pois as pessoas permanecem conectadas. Esperamos que o uso dessas ferramentas continue crescendo à medida que o mundo se movimenta digitalmente, onde precisamos de nossos telefones não apenas para falar uns com os outros, mas para administrar nossas vidas”, analisou o fundador e presidente-executivo da Ding, Mark Roden.

Divulgação/Ding

O país também está entre os maiores usuários de serviços de telefonia pré-pagos em todo o mundo, quando comparados a outras grandes economias em desenvolvimento. A pesquisa apontou que 86% dos brasileiros utilizam o serviço pré-pago, atrás apenas da Arábia Saudita (89%), entre os países pesquisados. Isso é maior que os 82% que usam serviços pré-pagos no México, país relevante no mercado latino-americano. 

“O Brasil mostra uma preferência massiva por opções de celular pré-pago. A flexibilidade oferecida pelos serviços pré-pagos é muito mais atraente para a maioria do mercado brasileiro do que as caras opções de contratos de longo prazo”, comentou Roden.

As principais razões que os brasileiros citaram ao optar pelo serviço pré-pago fora o quanto o modelo ajuda a manter um orçamento melhor (37%), e a preferência por pagar apenas pelo que usam ou precisam (35%).

Compartilhe:
icone de linkCopiar link