Para ajudar no compartilhamento, Twitter agora permite que usuários gravem Spaces
twitterspacesrecordingfull.0
Imagem: Divulgação

Para ajudar no compartilhamento, Twitter agora permite que usuários gravem Spaces

Usuários que participarem das gravações serão informados do registro e anfitriões terão até 30 dias para compartilhar o material

por Pedro Strazza

O Twitter na última quinta-feira (28) liberou uma nova função que permite aos hosts dos Spaces a gravar e compartilhar as conversas dentro da rede social. Disponível por enquanto a um grupo seleto de usuários no iOS e previsto para todo mundo nas próximas semanas, o recurso é simples e possibilita que os trabalhos da sala sejam viralizados por tuíte depois que o bate-papo terminar.

A novidade é bem vinda sobretudo porque amplia o potencial de público do Spaces, aproximando-os ao formato de um podcast que pode ser consumido mesmo depois do papo ao vivo terminar. Ela também impede a experiência da seção de se tornar finita: ao invés dos tuítes de divulgação agora apenas registrarem que a transmissão acabou depois do horário, eles vão exibir um link para reprodução da gravação caso a mesma tenha sido habilitada.

Para os participantes, vale apontar que o Twitter vai garantir que todas as contas envolvidas sejam notificadas de que a conversa está sendo gravada quando a ferramenta for habilitada, e a empresa vai ter até 120 dias para avaliar as conversas gravadas para decidir se há ou não conteúdo ofensivo ou danoso.

Os anfitriões, por sua vez, terão acesso aos materiais até 30 dias depois do registro, podendo deletar a qualquer momento o material caso não seja do agrado.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link