"Licorice Pizza" é eleito filme do ano pelo National Board of Review
zLTVDoqsMZlTAytjAtBCxmsJx3s
Imagem: Divulgação

“Licorice Pizza” é eleito filme do ano pelo National Board of Review

Filme de Paul Thomas Anderson leva 3 prêmios na lista que inaugura a temporada do Oscar

por Pedro Strazza

Organização de críticos mais tradicional dos Estados Unidos, o National Board of Review divulgou nesta quinta-feira (2) a sua lista de melhores filmes do ano. A premiação, considerada ato inaugural da temporada de premiações, surpreendeu este ano ao ignorar produções vistas como favoritas para diversos circuitos – incluindo o Oscar – e celebrar o “pequeno” “Licorice Pizza” de Paul Thomas Anderson: além de vencer o título de Melhor Filme, o longa ainda arrebatou troféus de direção e de atuação de estreia (duplo ainda, para Alana Haim e Cooper Hoffman) do coletivo.

Outras produções bastante lembradas pelo NBR este ano foram “King Richard: Treinando Campeãs”, “The Tragedy of Macbeth” e, de forma surpreendente, o “Um Herói” de Asghar Farhadi, vencedor das categorias de roteiro e filme estrangeiro. No caso da cinebiografia estrelada por Will Smith e da adaptação de Shakespeare por Joel Coen, eles se juntam a “Belfast”, “Duna”, “Não Olhe Para Cima”, “Nightmare Alley”, “Red Rocket”, “O Último Duelo” e à nova versão de “West Side Story” como os nove melhores filmes do ano de acordo com a organização.

Entre os esnobados, sente-se muito as ausências de “Ataque dos Cães”, até o momento um dos filmes mais pensados para a temporada; “Spencer”, “Tick, Tick… Boom!” e “Casa Gucci”, que miram categorias de atuação; e “Being the Ricardos”, novo longa-metragem de Aaron Sorkin que a Amazon vê com grandes esperanças para o Oscar.

Você pode conferir abaixo a lista completa de vencedores da premiação do NBR:

Melhor Filme: “Licorice Pizza”
Melhor Diretor: Paul Thomas Anderson (“Licorice Pizza”)
Melhor Ator: Will Smith (“King Richard: Treinando Campeãs”)
Melhor Atriz: Rachel Zegler (“West Side Story”)
Melhor Ator Coadjuvante: Ciarán Hinds (“Belfast”)
Melhor Atriz Coadjuvante: Aunjanue Ellis (“King Richard: Treinando Campeãs”)
Melhor Roteiro Adaptado: Joel Coen (“The Tragedy of Macbeth”)
Melhor Roteiro Original: Asghar Farhadi (“Um Herói”)
Melhor Atuação de Estreia: Alana Haim e Cooper Hoffman (“Licorice Pizza”)
Melhor Estreia na Direção: Michael Sarnoski (“Pig”)
Melhor Animação: “Encanto”
Melhor Filme Estrangeiro: “Um Herói” (Irã)
Melhor Documentário: “Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada)”
NBR Freedom of Expression Award: “Flee”
Melhor Elenco: “Vingança e Castigo”
Melhor Fotografia: Bruno Delbonnel (“The Tragedy of Macbeth”)

Filmes do ano (em ordem alfabética)

“Belfast”
“Duna”
“King Richard: Treinando Campeãs”
“Não Olhe Para Cima”
“Nightmare Alley”
“Red Rocket”
“The Tragedy of Macbeth”
“O Último Duelo”
“West Side Story”

Top 5 de Filmes em Língua Estrangeira (em ordem alfabética)

“Benedetta”
“Lamb”
“Lingu”
“Titane”
“The Worst Person in the World”

Top 5 de Documentários (em ordem alfabética)

“Ascension”
“Attica”
“Flee”
“The Rescue”
“Roadrunner: A Film About Anthony Bourdain”

Top 10 de Filmes Independentes (em ordem alfabética)

“The Card Counter”
“The Green Knight”
“Holler”
“Jockey”
“No Ritmo do Coração”
“Old Henry”
“Pig”
“Sempre em Frente”
“Shiva Baby”
“The Souvenir Part II”

Compartilhe:
icone de linkCopiar link