iFood e Be Academy lançam curso sobre Nova Economia para profissionais negros
Ifood
Imagem: Reprodução

iFood e Be Academy lançam curso sobre Nova Economia para profissionais negros

Programa faz parte de uma série de iniciativas da companhia de delivery que visam diminuir a desigualdade

por Carolina Firmino

Com o objetivo de promover a inclusão social e a equidade racial no mercado profissional, o iFood, em parceria com a edtech de negócios Be Academy, lança o programa “Talentos da Nova Economia Pessoas Negras“.

A iniciativa irá oferecer 250 bolsas de estudos para interessados em desenvolver competências e habilidades focadas na Nova Economia – em sua maioria startups, como o próprio iFood. A ideia é ampliar o conhecimento de profissionais das áreas Administração, Contabilidade, Economia, Direito, Engenharia, Comunicação, Relações Públicas, Relações Governamentais ou correlatas.

O programa será 100% custeado pelo iFood, com suporte da Be Academy na elaboração e metodologia e na seleção dos candidatos. O curso é em formato online e acontece entre fevereiro a abril de 2022, em um total de 54 horas de conteúdo e 12 aulas ao vivo que serão divididos por módulos. Eles contemplam temas como habilidades e competências comportamentais para a Nova Economia, desde tomada de decisão e adaptabilidade, até conhecimentos em gestão ágil, OKR e banco de dados.

“Queremos mostrar o caminho para a Nova Economia preparando essas pessoas para atuarem em qualquer empresa dentro deste ecossistema. Além disso, todos os alunos e alunas poderão contar com uma conversa individual com o time de Recursos Humanos do iFood sobre direcionamento de carreira, além de todo o suporte e acesso aos programas executivos da Be Academy por 1 ano”, explica Bruno Pinheiro, CEO e fundador, da Be Academy.

De acordo com Renata Baccarat, diretora de Recursos Humanos do iFood, o “Talentos da Nova Economia – Pessoas Negras” faz parte de uma série de iniciativas da companhia que visam diminuir a desigualdade: “Estamos animados com essa parceria que está muito de acordo com o nosso compromisso de inclusão de ter 50% de mulheres na liderança, 30% de pessoas negras na liderança, 35% de mulheres na alta liderança e 40% de pessoas negras no IFood”.

As inscrições estarão abertas até dia 21 de janeiro de 2022 e todas as informações sobre os critérios de seleção também podem ser encontradas na página do projeto.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link