"Fortnite" está (mais ou menos) de volta ao iOS, graças à brecha no streaming de jogos GeForce Now
fortnite-rtx-geforce-rtx-ogimage
Imagem: Reprodução

“Fortnite” está (mais ou menos) de volta ao iOS, graças à brecha no streaming de jogos GeForce Now

O novo teste beta que abre inscrição hoje (13/01) é otimizado para dispositivos móveis, com controles e menus touchscreen

por Carolina Firmino

O popular jogo de battle royale não está de volta na App Store, mas os proprietários de iPhone e iPad agora podem jogar “Fortnite” através do GeForce, da Nvidia Now, que abriu um beta fechado hoje (13) para testar a nova versão de streaming do jogo. Desde agosto de 2020 o game está ausente da loja de aplicativos.

Segundo o The Verge, a Nvidia e a Epic Games prometeram que o “Fortnite” voltaria ao iOS com o GeForce Now, rodando no navegador Safari (a única maneira pela qual a Apple permite que serviços de streaming de jogos como Stadia, xCloud ou Luna operem no sistema operacional atualmente). O jogo chegaria em novembro de 2020, mas, aparentemente, demorou um pouco para resolver os detalhes.

O “Fortnite” está disponível no GeForce Now para usuários do Android, mas é uma cópia transmitida da versão para o desktop. Já o novo teste beta é otimizado para dispositivos móveis, com controles e menus touchscreen semelhantes às antigas versões nativas para iOS e Android do jogo. 

De acordo com a Nvidia, as inscrições começam hoje, com “membros selecionados” definidos para obter acesso no final de janeiro. A empresa diz que a versão beta do “Fortnite” será um processo de “tempo limitado”, mas que não há um cronograma exato de quanto tempo vai durar.

Qualquer pessoa interessada em experimentar pode se inscrever no site da Nvidia, com clientes GeForce Now gratuitos e pagos tendo uma “chance igual na versão beta fechada”.

O The Verge aponta que a Nvidia é o único serviço de streaming de jogos com o qual a Epic Games está fazendo parceria para “Fortnite”, e o motivo seriam a preocupação de que o xCloud competiria com as ofertas de PCs da Epic. 

Compartilhe:
icone de linkCopiar link