TikTok pode liberar cobranças de taxas de assinatura

TikTok pode liberar cobranças de taxas de assinatura

Ainda não é possível prever o quanto os testes de pagamento vão impactar no modelo de negócio da plataforma

por Carolina Firmino

Na última quinta-feira (20), o TikTok confirmou que está testando um suporte para assinaturas pagas, abrindo caminho para criadores cobrarem por seu conteúdo. Relatado pela primeira vez no The Information, ainda não estão claros os detalhes sobre quando o recurso pode ser lançado, quantos usuários estão testando ou como pode ser a estrutura de pagamento. 

Zachary Kizer, porta-voz da rede social disse em um e-mail ao The Verge que as assinaturas são um “conceito que está em teste” e que eles seguem “pensando em novas maneiras de agregar valor à nossa comunidade e enriquecer a experiência no TikTok”. Por outro lado, como o TikTok vai incluir esses pagamentos diretos em seu modelo de negócio e manter-se como uma estrutura bem-sucedida ainda é uma incógnita.

A principal vantagem do aplicativo sobre os concorrentes é o algoritmo que exibe conteúdos nas páginas “For You” dos usuários. É dessa forma que os criadores alcançam seguidores e, agora, eles poderiam transformá-los em assinantes. Mas, se o melhor conteúdo será destinado a quem paga pela assinatura, ele provavelmente não está disponível para alimentar o algoritmo, o que pode reduzir o engajamento.

Esse também é um problema de outras plataformas. O teste de assinantes pagos do TikTok segue o anúncio do Instagram de que também está investindo nessa iniciativa com um pequeno número de criadores e influenciadores. Os assinantes pagarão uma taxa mensal para acessar conteúdo exclusivo de criadores que seguem, incluindo histórias e vídeos ao vivo. 

Compartilhe:
icone de linkCopiar link