Como um flash mob pode dar errado

por Carlos Merigo

Ignite Flash mob goes wrong

Tom Scott – um comediante geek e pirata semiprofissional, como ele mesmo se define – fez uma apresentação na Ignite em Londres onde explora as diversas e inimagináveis maneiras em que um flash mob pode dar errado.

É tudo ficção, mas pode servir muito bem para suas ideias futuras. Tom avisa que qualquer semelhança com pessoas e eventos atuais é mera coincidência, claro.

São 5 minutos, no estilo Pecha Kucha. Cada slide tem que ser apresentado em 15 segundos. Em inglês – bem rápido – sem legendas.

Compartilhe: