Cidades versus Marcas

por Cris Dias

Semana passada um ex-chefe — que considero um dos meus mestres — me mandou o link do seu novo projeto, Citymaps, que só tive tempo de ver hoje. É um serviço para ajudar as pessoas a encontrar coisas legais para fazer no descolado termo “hiper-local”.

Mas o que me impressionou mesmo foi ver um mapa de grandes cidades (o serviço já cobre NYC, São Francisco e Austin) sobreposta por uma gigante camada de marcas. Num país onde as franquias e cadeias de lojas abundam o mapa fica mais impressionante (em São Paulo teríamos “Padoca do Zé” por todo lado). Estamos mesmo cercados pelas marcas, não tem pra onde correr.

Vai no mínimo ficar bem legal num PPT. Ou um jogo “coloque o máximo de Starbucks na mesma tela”.

Compartilhe:
  • tags: