Fish: Curtir ≠ Amar

por Cris Dias

Robin Sloan já trabalhou no Twitter e na CurrentTV e se intitula “media inventor” no seu site. Ele resolveu fazer um ensaio eletrônico sobre essa história de que apertar um CURTIR é apenas um micro-gesto em relação a um conteúdo que pode vir, talvez, quem sabe, porventura, um dia a virar uma relação de amor.

Para isso ele escolheu um formato um tanto que bizarro de um app que é, basicamente, um PPT cheio de texto onde você não tem botão voltar. Ajuda a chamar um pouco de atenção e deve dar umas estatísticas legais no final.

Você pode baixar o app, dã, no iTunes e saber um pouco mais no site do cara.

Compartilhe: