Sagmeister & Walsh transforma processo criativo do logo da Adobe em concurso de TV

Sócios do estúdio fazem interpretação artística da marca com materiais não convencionais

por Carlos Merigo

A Adobe procurou o estúdio Sagmeister & Walsh pedindo uma interpretação artística de seu logo. Eles até vão entregar o trabalho, mas resolveram transformar o processo em um competição à lá programa de auditório.

Os sócios do escritório – Stefan Sagmeister e Jessica Walsh – precisam recriar a marca da Adobe através de diferentes tipos de materiais nada convencionais, de bolo a piñata, que são definidos conforme giram a roleta. Um júri, formado por profissionais de outros estúdios e empresas, votam nas melhores criações.

Adobe

Adobe

Até agora foram publicados dois episódios do programa, no segundo eles precisam criar de olhos vendados. O resultado é curioso, e o processo de criação é bem mais divertido – aposto eu – do que o dia a dia de trabalho em qualquer agência.

Assista acima o primeiro desafio, e abaixo o segundo:

Compartilhe: