Um dispositivo que concentra todos os seus cartões: conheça o Plastc

Com tela de e-Ink, chip e tecnologia wireless, ele promete deixar o Coin no chinelo

por Jacqueline Lafloufa

Há pouco menos de um ano, o B9 destacou a chegada do Coin, um gadget capaz de condensar até 8 cartões de crédito ou débito em um mesmo lugar, funcionando de forma simples e evitando que você precise carregar o cartão de débito, crédito, corporativo, diminuindo o tamanho da sua carteira.

No entanto, nem sempre porque já existe um produto do tipo no mercado, não significa que não possa ser feito um melhor ainda. Antes mesmo que o Coin pudesse chegar ao mercado, surge também o Plastc, um aparelhinho que tem basicamente o mesmo tamanho e função, só que melhor.

plastc-card

O Plastc permite guardar até 20 cartões simultaneamente, que podem ser selecionados através de uma tela de e-Ink na parte frontal. Além disso, ele traz autenticação via tarja magnética e também via chip, o que permite uma transação mais segura e, quem sabe, funcionando também aqui no Brasil. (Atualização em 09/10 às 10:25: A Plastc confirmou ao B9 que, a partir de uma atualização de firmware, será possível usar o chip em transações também no Brasil).

plastic-machine

Em uma época onde vemos o lançamento de sistemas de pagamento wireless, como o Apple Pay e o uso de tecnologias NFC e BLE, como no Bloom, pareceria mais sensato acabar de vez com os cartões plásticos, ao invés de modernizá-los. Contudo, precisamos lembrar que o sistema financeiro hoje gira em torno desses pedacinhos de plástico mágico que paga compras e contas. Assim, dispositivos como o Plastc e o Coin podem ser uma interessante ferramenta de transição, ou até uma forma de evitar ficar sem ter como pagar a conta porque acabou a bateria do celular – o tempo de duração da bateria de um Plastc, por exemplo, é de 30 dias corridos.

plastic-recharge

Em termos de preço, a briga entre Coin e Plastc também é acirrada: o primeiro custa 100 dólares, enquanto o segundo pode ser encomendado por 155 dólares. Se adquiridos hoje, ambos têm previsão de entrega para meados do ano que vem.

 

Compartilhe: